Tecnologia: Prefeitura da Capital Paulista lança portal Sampa.Digital para apoiar startups

Prefeitura da Capital Paulista lança portal Sampa.Digital para apoiar startups - Foto: Fernando Pereira / SECOM
Prefeitura da Capital Paulista lança portal Sampa.Digital para apoiar startups – Foto: Fernando Pereira / SECOM

 

 

 

A Prefeitura lançou na sexta-feira (29) o portal Sampa.Digital, uma plataforma criada com objetivo de fomentar micro e pequenos empreendedores e startups, promovendo o desenvolvimento local, geração de trabalho e renda. A ferramenta é 100% inclusiva, pois aproxima compradores do setor público e micro e pequenas empresas.

 

 

 

“Essa plataforma é uma iniciativa importantíssima para metrópoles como São Paulo, que tem 12 milhões de habitantes. Se não pudermos contar com a tecnologia para interagir, não vamos conhecer as pessoas. Essa plataforma é de aproximação das pessoas”, disse o prefeito Fernando Haddad, ressaltando que o portal permitirá que pequenos empresários tenham oportunidade de participar das licitações públicas do município e incrementem seus negócios.

 

 

 

 

O prefeito afirmou que a ferramenta é essencial para que esses empreendedores saibam o que a Prefeitura está licitando, sem burocracia e sem intermediação, o que também ajudará a combater a corrupção, trazer melhoria para os processos da administração e aumentar a transparência nas compras públicas.

 

 

 

 

A nova plataforma foi desenvolvida em cooperação com a Agência São Paulo de Desenvolvimento (Adesampa), com o Centro de Integração de Negócios (Integrare) e com a IBM. A iniciativa faz parte de uma ação global da IBM que vem sendo implementada em metrópoles como Nova York (EUA), Berlim (Alemanha) e Bangalore (Índia). Até o momento, o projeto contempla 13 cidades, sendo que São Paulo é terceira do Brasil a abraçar a ideia, depois de Porto Alegre e Londrina.

 

 

 

O portal Sampa.Digital reunirá informações sobre micro e pequenas empresas, programas de fomento, entidades de apoio e investidores. Contará também com um mapa para mostrar como todos esses participantes estão espalhados pela capital paulista.

 

 

 

 

“Essa ferramenta é mais um passo na consolidação de políticas públicas que vão ao encontro das necessidades da população paulistana. Esse é o compromisso que assumimos com a cidade: fazer o que precisa ser feito, aproximando os serviços municipais da população”, disse o secretário municipal do Desenvolvimento, Trabalho e Empreendedorismo, Artur Henrique. “Espero, num futuro próximo, que compradores e vendedores, por meio da plataforma, ampliem seus negócios e que cada região da cidade possa desenvolver cada vez mais seu potencial produtivo e econômico”, completou.

 

 

 

 

“Mais que um portal, essa é uma plataforma que só faz sentido se tiver um ecossistema pujante por trás. Quando falamos de startups, microempreendedores e microempresários, o que queremos de fato é disponibilizar uma plataforma com tecnologia aberta que permita contribuir com quem precisa comprar e vender”, afirmou o presidente da IBM Brasil, Marcelo Porto.

 

 

 

 

O executivo destacou que a nova plataforma vai oferecer um ambiente vivo para negócios, integrando todo um ecossistema por meio de tecnologias em nuvem, com capacidade analítica de dados, mobilidade, segurança e colaboração. “Essa tecnologia se propõe a democratizar o acesso aos pequenos e microempresários com soluções que eles jamais teriam pelos processos tradicionais. Isso é uma forma de a IBM contribuir para formação de empresas melhores e com mão de obra mais qualificada”, disse Porto.

 

 

 

“O portal Sampa.Digital é uma ferramenta que traz inovação para o setor de micro e pequenos empresários e faz parte das políticas do governo municipal para aumentar a inclusão desses empreendedores nas licitações públicas”, acrescentou Sergio Miletto, presidente da Adesampa. Ele ressaltou que a plataforma, além de informar sobre o que a Prefeitura está comprando, vai preparar os pequenos empresários para que possam eliminar barreiras para participar das concorrências.

 

 

 

 

Marcos Zoni, presidente da Integrare, completou que o Sampa.Digital deverá fomentar os negócios do micro e pequenos empreendedores da cidade. “Apesar de vivermos em um mundo globalizado, aprendemos que os melhores fornecedores são os locais, que estão próximos, que atendem com velocidade, competitividade e qualidade”, endossou o executivo.

 

 

 

 

O cadastramento de empreendedores, compradores, vendedores e desenvolvedores de sistemas permitirá a criação de um banco informativo de negócios que poderá conectar quem compra com quem vende. Pequenas empresas e o poder público poderão anunciar suas necessidades de compra, e o site fará a conexão com os possíveis fornecedores inscritos na plataforma.

 

 

 

Futuramente, o site também vai incorporar oportunidades de financiamento e cursos de formação para empreendedores. O portal Sampa.Digital conta com diversos parceiros, entre eles o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomercio-SP).

 

 

 

 

Da Redação com informações da Secretaria Executiva de Comunicação da Prefeitura de São Paulo