Tecnologia – Justiça: Central de Conciliação de Ourinhos realiza as primeiras sessões por WhatsApp.

Justiça manda bloquear WhatsApp por 72 horas, a partir das 14h desta segunda-feira.
Central de Conciliação de Ourinhos realiza as primeiras sessões por WhatsApp.

 

A Central de Conciliação de Ourinhos/SP realizou, nos dias 15 e 16 de março, mutirão de conciliação com processos de execução fiscal do Conselho de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo (CREA/SP). Foram realizadas cerca de 90 audiências sobre multas e anuidades. Porém, algumas sessões só conseguiram ocorrer graças ao uso do aplicativo WhatsApp.

 

 

 

Um pouco antes da data marcada para a conciliação, a supervisora da Cecon, Ana Paula Marchesini Dias Delatorre, foi contatada por um jurisdicionado que tinha interesse em solucionar o litígio, porém, alegavam dificuldade de comparecimento, uma vez que vivia na cidade de Maringá/PR, a 257 km da cidade de Ourinhos.

 

 

 

 

Sendo assim, com o apoio do juiz coordenador da Cecon e concordância dos interessados, a sessão ocorreu no mesmo dia e hora previstos, porém, com um uso do aplicativo Whatsapp.

 

 

 

De início, a supervisora da Cecon solicitou que os jurisdicionados enviassem foto de seus documentos pessoais (RG e CPF) a fim de resguardar a segurança e, em seguida, fez a abertura da sessão e acolhimento das partes.

 

 

 

 

Com acesso ao WhatsApp Web, o conteúdo do diálogo pode ser exibido a todos os presentes na audiência.

 

 

 

 

Ao final, houve avaliação do atendimento pelos jurisdicionados e o diálogo, bem como os documentos pessoais, foram impressos para serem juntado aos autos, fazendo parte integrante da respectiva ata.

 

 

 

Ao longo do mutirão, surgiram outros dois casos de pessoas que não poderiam comparecer presencialmente, então, o aplicativo também foi utilizado. Todos os processos foram solucionados com acordo.

 

 

 

Da Redação com informações provenientes da Assessoria de Comunicação Social do TRF3