Bragança Paulista – Saúde: Executivo Bragantino solicita ao Estado a instalação da Rede de Reabilitação Lucy Montoro no município

Executivo Bragantino solicita ao Estado a instalação da Rede de Reabilitação Lucy Montoro no município

 

 

A Prefeitura de Bragança Paulista, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, esteve em audiência na Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, na tarde da última terça-feira (09/04), para solicitar a instalação de uma Rede de Reabilitação Lucy Montoro no município, que tem por objetivo atender a Região Bragantina e Circuito das Águas.

 

 

 

Após o término da audiência, a Secretária de Saúde, Marina de Oliveira, explicou a importância da instalação da Rede. “A Região Metropolitana do Vale do Paraíba, tem seu limite no Município de Igaratá e a Região Metropolitana de Campinas termina em Itatiba, e ambas possuem Unidades da Rede de Reabilitação Lucy Montoro. Já a Região de Bragança Paulista e Circuito das Águas, que não pertencem a nenhuma Região Metropolitana, ficaram isoladas e precisam da assistência da Unidade”.

 

 

 

A Secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Célia Leão, comentou que Administração esteve reivindicando aquilo que é direito da população, não apenas para a população Bragantina, mas para toda a região. “Com certeza vamos conseguir ao longo dos próximos meses, pois eles já vieram com a faca e o queijo na mão. Trouxeram até o espaço físico que pode ser implantado a rede Lucy Montoro”, disse Célia.

 

 

 

O Vice-prefeito, Amauri Sodré, representando o Prefeito Jesus Chedid, agradeceu em nome da Administração e de todos os bragantinos a receptividade. “Agradecemos o seu carinho. João Doria escolheu a pessoa certa, no lugar certo. Parabéns, que Deus possa abençoá-la”, finalizou.

 

 

 

Apenas em Bragança Paulista, 9 pacientes aguardam vaga para início de tratamento e outros 47 sendo assistidos no equipamento próprio, porém sem os recursos necessários para a reabilitação adequada. Todos esses pacientes são considerados com “grandes incapacidades por sequelas neurológicas” e para obterem melhor assistência precisam dos tratamentos ofertados pelas Unidades da Rede Lucy Montoro.

 

 

Da Redação com informações provenientes da DIMP/BP