Bragança Paulista – Dia Mundial de Conscientização do Autismo: FESB adere a campanha em favor a conscientização sobre o autismo.

Dia Mundial de Conscientização sobre o Autismo. Foto: ONU

 

 

Abril é um mês que convida a reflexão sobre Transtorno do Espectro Autista (TEA). E a FESB entra também nesta campanha em favor da conscientização da comunidade. Por este motivo a nossa logomarca, a partir do dia primeiro de abril, ganhará uma “fitinha” azul. Símbolo que nos acompanhará o mês todo. A proposta tem como objetivo chamar a atenção e ampliar o conhecimento acerca dessa patologia.

 

 

A campanha abril azul surgiu em 2008, quando a Organização das Nações Unidas (ONU), decretou o dia 2 de abril como o dia Mundial da Conscientização do Autismo. A cor foi escolhida porque o autismo se manifesta mais comumente no sexo masculino.

 

 

 

AÇÃO NA PRAÇA

 

 

Mas a ação da FESB não se resumirá a isso. Na terça-feira (2), através do NUTRIFESB (ambulatório de nutrição) os estudantes de Nutrição acompanhados da nutricionista Taciana Panuncio participarão da Semana Municipal de Conscientização do Autismo. O evento acontecerá na Praça Raul Leme, das 11h às 16h. O evento é organizado pela AMADAS (Associação de Mães e Pais de Autistas) e conta com o apoio da Câmara Municipal, Prefeitura e de diversas entidades.

 

 

 

AUTISMO

 

 

 

O autismo é um transtorno do desenvolvimento caracterizado pelo atraso no desenvolvimento das habilidades sociais, comunicativas e cognitivas. O diagnóstico é feito exclusivamente pela observação comportamental da criança além de entrevista com os pais ou responsáveis. Os sintomas geralmente se manifestam antes dos 36 meses de vida, como por exemplo, pela demonstração de maior interesse por objetos que pessoas, ausência de contato visual, etc.

 

 

 

Na literatura tem sido descrita uma relação direta do autismo com a nutrição, visto que em seu comportamento alimentar o indivíduo autista pode apresentar seletividade na escolha dos alimentos, recusa, bem como indisciplina durante a realização das refeições. O autismo é uma condição que exige o máximo de conhecimento por parte daqueles que convivem com os portadores deste transtorno, a fim de que se saiba lidar com as peculiaridades e necessidades do indivíduo, sobretudo durante a fase inicial da infância, possibilitando melhorias na qualidade de vida e minimizando os prejuízos quanto ao crescimento e desenvolvimento.

 

 

Da Redação com informações DA FESB