Segurança: Polícia Rodoviária Federal flagrou 770 veículos acima do limite máximo em quatro horas de fiscalização em São Paulo

Polícia Rodoviária Federal flagrou 770 veículos acima do limite máximo em quatro horas de fiscalização em São Paulo - Foto PRF SP
Polícia Rodoviária Federal flagrou 770 veículos acima do limite máximo em quatro horas de fiscalização em São Paulo – Foto PRF SP

 

 

Operação de combate ao excesso de velocidade flagra 770 veículos acima do limite máximo em quatro horas de fiscalização em São Paulo

 

 

A Polícia Rodoviária Federal realizou na quinta-feira(27) operação integrada em todo o Brasil de combate ao excesso de velocidade.

 

 

 

 

A PRF realiza diuturnamente a fiscalização do excesso de velocidade em todas as rodovias, essas fiscalizações acontecem em locais diversos, levando em consideração as estatísticas de acidentes causados por esse comportamento.

 

 

 

 

A fiscalização simultânea visa a redução de acidentes, principalmente aqueles graves, numa tentativa de sensibilizar os condutores para uma mudança de comportamento e conseqüentemente redução da violência no trânsito.

 

 

 

No estado de São Paulo, foram realizados comandos em sete pontos nas rodovias federais que cortam o estado. Alguns locais foram impossibilitados por conta das chuvas.

 

 

 

Dados preliminares mostram que no período entre 14 e 18h um total de 770 veículos foram autuados por excesso de velocidade.

 

 

 

No estado de São Paulo este ano, cerca de 23 mil veículos já foram autuados pelos radares móveis/portáteis da PRF por excesso de velocidade, em alguns casos foram registradas velocidades a quase 200km/h, em locais onde a máxima permitida é 110km/h. No último dia 08 uma motocicleta foi flagrada a 199km/h no km 321 da Régis Bitencourt

 

 

 

Em 2014 cerca de 30% das autuações registradas pela PRF no estado foram por esse motivo.

 

 

 

Efeitos do excesso de velocidade: Acidentes que ocorrem nessa condição tendem a ser mais graves e trazer maiores danos aos envolvidos, causando ferimentos graves ou mortes, por conta do forte impacto.

 

 

 

A velocidade incompatível está entre as três principais causas de acidentes no estado de São Paulo.

 

 

 

Fonte: Da Redação com informações provenientes de sites de notícias e da PRF São Paulo