Segurança: Mãe é presa após confessar o homicídio do próprio filho que era gay.

Itaberli Lozano Rosa, 17, foi assassinado a facadas no fim do ano passado – Imagem: Deinter 3

 

A Polícia Civil de Cravinhos (Deinter 3) prendeu todos os autores do homicídio e ocultação do cadáver de um adolescente, de 17 anos, no município de Cravinhos, interior Paulista. Itaberli Lozano Rosa, 17, foi assassinado a facadas no fim do ano passado

 

 

 

As investigações começaram após o encontro de um cadáver, parcialmente carbonizado, em avançado estado de decomposição, em meio a um canavial da Fazenda das Flores, propriedade rural localizada na Rodovia José Fregonezi, no dia 7/1.

 

 

 

Ao lado do corpo foram encontrados objetos pessoais (pulseiras e adornos), os quais trouxeram a certeza da identificação da vítima.

 

 

 

Descobriu-se então que o jovem não teria um bom relacionamento com sua mãe e com o padrasto e que dias antes teria passado a viver com a avó paterna, a qual contou aos policiais que, no dia 27/12, seu neto teria regressado à casa da genitora e não teria sido mais visto.

 

 

 
A suspeita e seu amásio estavam desaparecidos desde o final de dezembro.

 

 

 
Os policiais conseguiram localizá-los e prendê-los.

 

 

 
Eles confessaram o crime e ainda informaram a participação de uma adolescente, de 16 anos, e outros dois homens.

 

 

 

Todos estão presos e responderão por homicídio e ocultação de cadáver.

 

 

 

 
Da Redação com informações provenientes da Deinter 3