Segurança: A Polícia Rodoviária Federal apreende mais de 1.100 toras de palmito juçara

A Polícia Rodoviária Federal apreende mais de 1.100 toras de palmito juçara - Imagem: PRF
A Polícia Rodoviária Federal apreende mais de 1.100 toras de palmito juçara – Imagem: PRF

 

 

 

Mais de 1.100 toras extraídas ilegalmente e dois homens foram presos

 

 

Na noite dessa quinta-feira (24), por volta das 20h15, na altura do km 510 da Régis, município de Cajati, durante patrulhamento, Agentes da PRF suspeitaram de uma caminhonete com placas de Curitiba/PR, momento que decidiram abordá-la. O condutor do veículo, um homem de 37 anos, que estava acompanhado por outro homem de 53 anos, mostrou-se muito nervoso com a abordagem.

 

 

 

Ao vistoriarem a carroceria da caminhonete, os PRFs descobriram que eles transportavam uma grande carga de palmito ”in natura”. Questionados, admitiram que a carga era de palmito juçara e que ela foi extraída em Barra do Turvo, remanescente da Mata Atlântica (área protegida ambientalmente). Segundo a dupla, a carga seria entregue em São Paulo, onde seria comercializada em restaurantes e pizzarias.

 

 

 

Após o registro do crime ambiental e da apreensão da caminhonete e da carga de palmito, a dupla foi liberada para responder criminalmente em liberdade. Por estar ”in natura”, o que reduz a chance de contaminação, ele será doado a instituições filantrópicas e à rede municipal de ensino. Ao todo foram apreendidas 1.120 toras de palmito.

 

 

 

on Sexta, 25 de setembro de 2015

 

 

 

Uma palmeira juçara leva de 8 a 12 anos para produzir um palmito de qualidade e, por isso, há risco dela se extinguir. Ao preservarmos tal espécie, estamos preservando a biodiversidade da Mata Atlântica. Sua semente e seu fruto servem de alimento para muitos animais, tais como tucanos, sabiás, gambás e tatus. De maneira geral, para extração destas 1.120 toras, foi necessário derrubar 1.120 Palmeiras Juçara, demonstrando o quão devastador é este comércio ilegal.

 

 
Fonte: Da Redação com informações da PRF