São Paulo: Redução da maioridade penal é tema de debate na Comissão da Criança e Adolescente da Câmara Municipal de São Paulo

Redução da maioridade penal
Redução da maioridade penal

 

 

 

A comissão da Criança e do Adolescente realizou nesta segunda-feira (22/6), no CEU Anhanguera, zona oeste da cidade, uma Audiência Pública que discutiu a redução da maioridade penal.

 

 

Participaram do encontro adolescentes que em breve vão completar 16 anos. O estudante Cícero Silva Gonçalves, de 15 anos, tem opinião formada sobre o tema. Ele ganhou um concurso sobre direitos humanos realizado pela prefeitura e pede educação ao invés de punição.

 

 

 

 

“Essa redução deveria ser repensada e não com base em presídios, não com base em punição pela punição, mas com base pela punição e ressocialização do indivíduo, porque eu vejo muita generalização que todo jovem é bandido, não trabalha, não faz isso, não faz aquilo e cadê as oportunidades”.

 

 

 

 

Educadores que realizam trabalhos culturais na região também se manifestaram na audiência. Cleiton Ferreira, da Comunidade Cultural Quilombaque afirmou que é preciso acabar com a violência contra os adolescentes. “Essa violência, esse genocídio que acontece ainda mais com os jovens de periferia, na maioria negros e que já sofrem com essa violência e repressão, reprimir mais, acho que não é a solução.O melhor é oferecer cultura e educação para que eles entendam outras visões de mundo”.

 

 

 

 

Esta foi a terceira Audiência Pública realizada pela Comissão, que ainda deverá fazer mais três para depois construir um relatório final que será encaminhado ao senado.

 

 

 

 

A presidente do colegiado, vereadora Juliana Cardoso (PT), ressaltou que o debate é importante para mostrar os mitos e verdade sobre a redução da maioridade penal. “A gente ainda tem a expectativa que no senado possa ter uma paralisação ou talvez uma mudança dessa lei”.

 

 

 

 
Fonte: Da Redação com informações provenientes de Agências de Notícias e da www.camara.sp.gov.br