São Paulo: IPEM Paulista autua 51% das padarias fiscalizadas por venda de produtos com peso irregular ou falta de sua indicação na embalagem.

IPEM Paulista autua 51% das padarias fiscalizadas por venda de produtos com  peso irregular ou falta de sua indicação na embalagem.
IPEM Paulista autua 51% das padarias fiscalizadas por venda de produtos com peso irregular ou falta de sua indicação na embalagem.

 

 

Foram autuadas 43 (51%) das padarias fiscalizadas em todo o Estado durante a operação “Padoca Legal”.

 
Dos 330 produtos analisados, 18% estavam com o peso menor do que o anunciado na embalagem e falta de peso na embalagem

 

 

 

Fiscais do IPEM-SP (Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo), órgão do Governo do Estado que tem como finalidade proteger o consumidor, percorreram padarias de pequeno, médio e grande porte, a fim de verificar irregularidades no peso de produtos pré-medidos, aqueles embalados pelo próprio estabelecimento, como bolos, pães, biscoitos, torradas, salgados, doces, frios e outros produtos.

 

 

 

 

Durante a ação, realizada nesta segunda e terça-feira (15 e 16/2), de maneira coordenada na Capital e no interior do estado de São Paulo, foram verificados 330 produtos em 85 estabelecimentos. No total, 43 padarias (51%) receberam autuação pela venda de produtos irregulares. Do volume total de itens analisados, 18% estavam abaixo do peso indicado na etiqueta fixada na embalagem.

 

 

 

 

A operação foi realizada simultaneamente pelas regionais de Araçatuba, Bauru, Campinas, Marília, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São Carlos, São José do Rio Preto, São José dos Campos e Sorocaba.

 

 

 

A lista com todas as irregularidades encontradas durante a operação “Padoca Legal” no Estado está disponível aqui.

 

 

 

 

Vale ressaltar que em estabelecimentos de todo o estado de São Paulo também foram observados erros formais, relacionados à ausência de informações obrigatórias na etiqueta dos produtos fracionados pelas padarias, e indicação nominal do peso do produto.

 

 

 

 

As empresas autuadas pelo IPEM-SP têm dez dias para apresentar defesa ao órgão. No caso de produtos pré-medidos, as multas podem variar de R$ 640 a R$ 30 mil, dobrando na reincidência.

 

 

 

Em 2015 foram verificados 595 produtos em 126 estabelecimentos. No total, 73 padarias (58%) receberam autuação pela venda de produtos irregulares. Do volume total de itens analisados, 121 (20%) estavam abaixo do peso indicado na etiqueta fixada na embalagem.

 

 

 

Orientação para o consumo

 

 

 

 

O IPEM-SP disponibiliza para download o Guia Prático de Consumo, que traz dicas ao consumidor sobre o que observar na hora da compra de produtos embalados, têxteis, eletrodomésticos, itens que devem trazer o selo do Inmetro e também a utilização de balanças disponíveis em supermercados, padarias, açougues e outros tipos de comércio. Para o download do guia acesse http://goo.gl/jYpCEk, aproveite e conheça outras publicações do IPEM-SP no link: http://goo.gl/Waw0P1.

 

 

 

IPEM-SP

 

 

 

O IPEM-SP é uma autarquia vinculada à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania de São Paulo e órgão delegado do Inmetro. Com uma equipe de fiscalização formada por especialistas e técnicos, realiza, em todo o Estado de São Paulo, operações de fiscalizações rotineiras em balanças, bombas de combustíveis, medidores de pressão arterial, taxímetros, radares, capacetes de motociclistas, preservativos, cadeiras de carros para crianças, peças de roupa, cama, mesa e banho, botijões de gás, entre outros materiais. É seu papel também garantir que o consumidor leve para casa a quantidade exata de produto pela qual pagou. Quem desconfiar ou encontrar irregularidades pode recorrer ao serviço da Ouvidoria, pelo telefone 0800 013 05 22, de segunda a sexta, das 8h às 17h, ou enviar e-mail para [email protected]

 

 

 

 

Da Redação com informações ipem.sp.gov.br