São Paulo – Meio Ambiente: Concessionária faz ação junto a carvoarias localizadas próximo à rodovia D. Pedro I para aumentar a segurança dos motoristas

Fumaça gerada pela produção do carvão se mistura à neblina e diminui a visibilidade dos motoristas – Foto: Ilustrativa

 

 

Fumaça gerada pela produção do carvão se mistura à neblina e diminui a visibilidade dos motoristas

 

 

Para aumentar a segurança dos usuários da rodovia D. Pedro I (SP-065), a Concessionária Rota das Bandeiras iniciou uma ação junto a oito carvoarias localizadas no trecho entre Jacareí e Nazaré Paulista, que estão localizadas próxima à estrada.

 

 

Como nesta época do ano é bastante comum o fenômeno da neblina, principalmente durante a madrugada e o início da manhã, a Concessionária, em parceria com a Polícia Militar Rodoviária (PMRv) e a Agência de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp), solicitou às carvoarias a suspensão dos trabalhos nestes dois períodos.

 

 

“A fumaça ocasionada pela queima da madeira no processo de obtenção do carvão, misturada à neblina que está sobre a rodovia, tornam a dissipação mais difícil e comprometem a visibilidade para os motoristas, ocasionando risco de acidentes”, explica o coordenador de tráfego da Rota das Bandeiras, Murilo Perez.

 

 

 

Por conta desta combinação perigosa, as oito carvoarias da região serão contatadas pela Concessionária. Este é somente um cuidado adicional que a Rota das Bandeiras realizará visando a segurança dos usuários da rodovia. Além desta iniciativa, a empresa faz o aviso aos motoristas por meio dos painéis de mensagem variável (PMVs) existentes na rodovia e reforça a mensagem em seus canais nas redes sociais.

 

 

Em junho de 2007, dois anos antes do início da concessão do Corredor Dom Pedro, um acidente com 11 veículos deixou nove pessoas mortas no trecho de Jacareí da rodovia D. Pedro I. Uma das causas foi a mistura da neblina com a intensa fumaça produzida por uma carvoaria da região.

 

 

Cuidados sob neblina

 

Com a visibilidade reduzida e o consequente aumento do risco de acidentes, o motorista deve redobrar a atenção quando dirigir sob neblina.

 

 

Confira alguns cuidados simples que devem ser adotados para aumentar a segurança:

  • 1. Reduza gradualmente a velocidade ao perceber os primeiros sinais de neblina;
  • 2. Mantenha uma distância segura do veículo à frente;
  • 3. Acenda os faróis baixos. O farol alto, independente do horário, dificulta a visibilidade pela grande dispersão de luz emitida sob neblina;
  • 4. Não pare o veículo no acostamento;
  • 5. Nunca pare na pista;
  • 6. Não ligue o pisca-alerta com o veículo em movimento;
  • 7. Use a pintura de faixa da pista como referência do caminho a seguir;
  • 8. Fique atento a sinais sonoros externos que possam indicar uma situação atípica à frente como buzinas, sirenes e som de colisão;
  • 9. Deixe a janela aberta, ainda que parcialmente, para ouvir eventuais sinais sonoros;
  • 10. Evite uso de aparelhos que possam dispersar a atenção;
  • 11. Deixe o para brisa limpo;
  • 12. Mantenha o vidro aberto ou ligue a ventilação dentro do carro para não embaçar os vidros;
  • 13. Caso julgue não ter condições de visibilidade para seguir viagem, pare somente em locais seguros como postos de abastecimento.

 

 

Em caso de dúvidas ou para saber quais pontos contam com neblina no momento da sua viagem, os motoristas podem entrar em contato com a Rota das Bandeiras por meio do telefone 0800-770-8070. A ligação é gratuita e o serviço funciona 24 horas.

 

 

Da Redação com informações da Rota das Bandeiras