São Paulo – Itatiba: Outubro+Rosa teve início em Itatiba.

Coral Filarmônico do Itatiba Esporte Clube se apresenta durante Abertura do Outubro+Rosa – Foto: Divulgação/Prefeitura de Itatiba

 

 

O Outubro+Rosa começou dando um colorido especial na fachada do Antigo Paço Municipal. Na noite da última segunda-feira (01), muita gente vestiu a camisa pela causa de prevenção e combate ao câncer de mama em Itatiba. Uma iniciativa do Fundo Social de Solidariedade, com as parcerias da Secretaria Municipal de Saúde, Rede de Voluntárias de Combate ao Câncer e MAPAM (Movimento de Apoio às Pacientes Mastectomizadas).

 

 

Quem compareceu, trocou pacotes de balas que serão distribuídas no Natal, por camisetas. Mas a noite também foi marcada por mensagens importantes de quem lida com o tema durante todo o ano. “A data é importante para conscientizar todas as mulheres de que elas devem cuidar de sua saúde fazendo a prevenção, que é muito simples: o autoexame todo mês, a mamografia principalmente a partir dos 40 anos, exame clínico e estarem sempre atentas pra qualquer sinal que o corpo apresente”, ressaltou Maria Lenice Penteado Sanfins, que é presidente da Rede de Voluntárias.

 

 

 

Voluntárias do MAPAM também participaram do evento e explicaram todo o trabalho desenvolvido pelo movimento, como a prática de artesanato além da confecção de próteses, lenços, sutiãs adaptados, entre outros que são distribuídos de forma gratuita a qualquer paciente. “Tem muita gente que desconhece o MAPAM, e nós estamos lá no CAISMI (Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher) esperando as mulheres que mais precisam”, afirmou Rilma Burle, uma das voluntárias.

 

 

 

 

O objetivo é zerar a fila de espera e atingir todas as mulheres com a campanha, para que em 2019 todas já tenham acesso e iniciem possíveis tratamentos. Esse ano a meta de mamografias era de 700, mas o número foi superado e foram feitas mais de 1.100 guias. “O primeiro passo já foi feito, agora a segunda parte é a entrega desses exames. Então nos dias 20 e 27 vamos entregá-los. Porém, como a demanda foi muito grande, a gente conta com a colaboração das unidades de saúde que a partir desta quinta-feira (04) já passam a entregar esses exames com palestras e a devolutiva de dúvidas”, explicou Mayara Lopes, primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade.

 

 

 

 

Neste ano de 2018 o “Outubro+Rosa” também conseguiu diversos apoios. “A gente conseguiu um apoio muito grande da Rede de Voluntárias de Combate ao Câncer, o MAPAM e também da Academia Brasileira de Micropigmentação, que vai fazer gratuitamente a reconstrução de aréolas para aquelas mulheres que já têm a mama reconstruída. Conseguimos ainda adesão grande da população e diversos empresários também colaboraram”, completou Mayara.

 

 

 

Da Redação com informações provenientes da Prefeitura de Itatiba