Atibaia – Política: Vereador Baixinho Barbeiro afirma que situação do Instituto Médico Legal da região bragantina já está regularizada

Prédio do IML não consegue atender a demanda de Bragança Paulista e dos demais municípios da região.
Vereador Baixinho Barbeiro afirma que situação do Instituto Médico Legal da região bragantina já está regularizada

 

O vereador Wilson de Vasconcelos Veiga, o Baixinho Barbeiro, comemorou nesta semana a resolução de um problema decorrente do número reduzido de médicos legistas no Instituto Médico Legal que atende a região bragantina.

 

 

No mês de maio, o vereador relatou as condições do serviço do IML de Bragança Paulista. “Por conta da falta de médicos legistas na unidade, os corpos estavam sendo transportados para o IML de Jundiaí, causando diversos transtornos aos parentes das vítimas e obrigações extras de transporte pelas agências funerárias, gerando maior custo ao serviço”, contou à época.

 

 

“Na ocasião, o deputado estadual Edmir Chedid, também do DEM, encaminhou um ofício ao Governo do Estado de São Paulo solicitando uma solução para esse problema”, afirmou. O documento, elaborado por iniciativa do vereador Baixinho Barbeiro, contou ainda com o apoio dos demais vereadores da Câmara de Atibaia.

 

 

 

“Dessa forma, graças a esse trabalho conjunto, a partir de junho dois médicos legistas de Bragança Paulista passaram a realizar todos os exames necroscópicos, e não mais pela Equipe de Perícias Médico Legal (EPML) de Jundiaí. E a Superintendência da Polícia Técnico-Científica, da Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo, informou que no último dia 4 de junho foi publicada autorização para novo concurso com 189 vagas de médico legista, com previsão de realização no ano de 2020, o que certamente contribuirá para reduzir a escassez destes servidores”, destacou Baixinho.

 

 

 

Da Redação com informações provenientes do Departamento de Comunicação da Câmara Municipal da Estância de Atibaia