Atibaia – Política: A presidente da Câmara de Atibaia alerta para necessidade de contratação de mais profissionais da área de saúde no município

Roberta Barsotti

A presidente da Câmara, vereadora Roberta Barsotti, protocolou nesta semana uma indicação em que solicita ao Poder Executivo a contratação de mais profissionais da área de saúde, especialmente psiquiatras, no município.

 

 

 

 

A vereadora justifica o pedido tendo em vista os relatos de munícipes sobre a falta de profissionais de saúde para atender a demanda da cidade, principalmente para a área de psiquiatria. “Atualmente contamos com dois profissionais na rede municipal, porém como é de conhecimento de todos, um dos psiquiatras irá se aposentar dentro dos próximos meses, o que trará uma maior dificuldade de atendimento da população e acabará sobrecarregando o outro profissional”, explicou.

 

 

 

 

Em outro documento, Roberta pede para que a Administração Municipal efetue a limpeza e manutenção da área do córrego próximo à Rua Bárbara Puzzoni Profeta, no bairro da Ponte, em virtude do mato alto às margens do córrego que se alastra até a rua indicada. “Sendo assim, é de suma importância que se proceda a devida capinação do local a fim de evitar a proliferação de insetos e contaminações naquela região”, observou. Para o local, a vereadora também indicou a limpeza de um bueiro localizado na mesma via, cuja sujeira está prejudicando o escoamento da água em dias de chuva, trazendo transtornos à população local.

 

 

 

 

A execução de limpeza de bueiro também foi solicitada para a Avenida Brasil, bairro Chácaras Brasil, na altura do n° 2.200. Outra indicação versou sobre a realização do serviço de tapa-buracos na Rua Giuliano Occhini, Jardim Imperial.

 

 

 

 

Por fim, Roberta Barsotti atentou para a necessidade de manutenção para a praça localizada entre a Avenida Santos, Alameda Jundiaí, Alameda Limeira e Alameda Lorena e para a Praça Ministro Doutor José Geraldo Rodrigues Alckmin, ambas no Jardim do Lago. A vereadora justifica o pedido tendo em vista o estado de má conservação dos locais, com mato muito alto, dificultando a sua utilização pela população.

 

 

 

Da Redação com informações provenientes do Departamento de Comunicação da Câmara Municipal da Estância de Atibaia