Política: O presidente do Senado diz que Delcídio “vai exercer o mandato na sua plenitude e na forma da Constituição federal”.

O presidente do Senado diz que Delcídio exercerá mandato 'em sua plenitude' - Foto: Jonas Pereira/Agência Senado
O presidente do Senado diz que Delcídio exercerá mandato ‘em sua plenitude’ – Foto: Jonas Pereira/Agência Senado

 

 

 

O presidente do Senado, Renan Calheiros, afirmou na manhã desta terça-feira (23) que o senador Delcídio do Amaral (PT-MS) “vai exercer o mandato na sua plenitude e na forma da Constituição federal”.

 

 

 

— O que ele vai falar ou não vai falar é questão de foro íntimo. Quando o Supremo decidiu a primeira vez, nós chancelamos. Agora novamente nós vamos chancelar a decisão do Supremo, e ele exercerá o mandato — afirmou o presidente, ao ser recebido pela imprensa ao chegar ao Senado.

 

 

 

Na avaliação de Renan Calheiros, a prisão de Delcídio foi “tão rápida e fulminante”, que o senador nem conseguiu se manifestar.

 

 

 

— Talvez seja um caso raro de alguém que não falou. Então é hora do Senado ouvi-lo e saber o que ele tem a dizer — opinou.

 

 

 

João Santana

 

 

 

Sobre a prisão do marqueteiro João Santana, Renan Calheiros afirmou que não pode antecipar “cenários e desdobramentos” na condição de presidente do Senado e disse esperar do jornalista e publicitário um “depoimento esclarecedor”.

 

 

 

— Ele, que fez campanhas em vários países, deve ter tomado os cuidados necessários, pois qualquer dia poderia ser questionado. Espero que ele esclareça tudo. Isso será bom para democracia — concluiu.

 

 

 

Pauta

 

 

O presidente do Senado também informou que dará continuidade às conversas com as lideranças partidárias para elaboração de uma pauta de consenso para as próximas votações.

 

 

 

— Ainda que não seja quanto ao mérito, mas pelo menos em relação à tramitação — explicou.

 

 

 

 
Da Redação com informações da Agência Senado