Nacional: Governador de Santa Catarina recebe da Defesa Civil relatório com dados dos estragos causados pelo tornado em Xanxerê e Ponte Serrada que somam cerca de 108 milhões

Governador Raimundo Colombo - Foto: Julio Cavalheiro / Secom
Governador Raimundo Colombo – Foto: Julio Cavalheiro / Secom

 

 

O governador Raimundo Colombo retornou nesta sexta-feira, 24, para Xanxerê, no Oeste, para acompanhar os trabalhos de atendimento aos atingidos pelo tornado na segunda-feira, 20. Colombo também sobrevoou Ponte Serrada, outro município afetado. “Hoje recebi da Defesa Civil do Estado um relatório com informações e dados preliminares dos prejuízos, para compatibilizar as prioridades e oferecer condições de normalidade aos municípios.”

 

Colombo destacou que na segunda-feira, 27, a presidenta Dilma estará em Xanxerê, e juntos irão anunciar os recursos que serão destinados. “As ações emergenciais já estão em andamento. Na próxima semana começaremos a fase de reabilitação. Inclusive para empresas, para que elas possam reconstruir todo o seu patrimônio e continuem gerando emprego e renda. Sabemos da necessidade da população nesse momento, portanto não medimos esforços para auxiliar”, afirmou Colombo.

 

 

Xanxerê imagem aérea
Xanxerê imagem aérea

Com uma população de cerca de 44 mil habitantes e uma arrecadação anual de aproximadamente R$ 90 milhões, o município de Xanxerê registrou um prejuízo estimado de cerca de R$ 100 milhões. Conforme os últimos dados da Defesa Civil, desta sexta-feira, 24, os danos em edificações públicas superam os R$ 9,04 milhões. Já em empresas e indústrias chega a R$ 45, 3 milhões.

 

 

 

Em residências os danos ultrapassam os R$ 49, 5 milhões. Todos esses valores podem sofrer alteração, conforme as informações individuais são repassadas. O número de pessoas afetadas alcançou os 44. 506. São 2 mil pessoas desalojadas e 180 desabrigados. São 95 feridos e dois mortos.

 

Bairro Cohab 5, em Ponte Serrada, ficou destruído após tempestade do dia 20 de abril - Ponte Serrada - 22/04/2015. Foto: Julio Cavalheiro/Secom
Bairro Cohab 5, em Ponte Serrada, ficou destruído após tempestade do dia 20 de abril – Ponte Serrada – 22/04/2015. Foto: Julio Cavalheiro/Secom

 

Ponte Serrada possui uma população de 11 mil habitantes e uma arrecadação anual de R$ 18 milhões. O relatório da Defesa Civil mostra que os prejuízos e edificações públicas somam R$ 885 mil e prejuízos privados, R$ 8, 1 milhões. A cidade teve um registro oficial de 23 feridos, 47 desabrigados, 1.080 desalojados, 6.058 afetados.

 

 

Nos dois municípios, o cenário ainda é de destruição com casas totalmente danificadas, entre muitos outros danos. O trabalho da Defesa Civil, Polícias, Exército e Corpo de Bombeiros é visto por todo lado. Milhares de pessoas trabalham na retirada do entulho que ficou nas ruas, nas residências e nos órgãos públicos.

 

 

“A presença do governador e das autoridades traz uma tranquilidade maior à população que precisa ser assistida, porque eles vão ter a certeza de que o Governo está mobilizado, preocupado. Estamos todos buscando soluções da forma mais rápida e eficaz para que possam ser atendidos o quanto antes”, destacou o prefeito de Xanxerê, Ademir José Gasparini.

 

 

O secretário da Defesa Civil de Santa Catarina, Milton Hobbus, salientou que desde a passagem do tornado uma estratégia de trabalho foi montada com as prioridades de atendimento. “Primeiro a questão humanitária e paralelamente a equipe da Defesa Civil e outros órgãos começaram os levantamentos nos locais para identificar as necessidades e dar uma resposta rápida para a população, tanto por parte do governo estadual e federal.”

 

 

Também estiveram presentes em Xanxerê os secretários da Fazenda, Antonio Gavazzoni, Assistência Social, Trabalho e Habitação, Angela Albino, senadores Luiz Henrique da Silveira e Dário Berger; deputados e autoridades locais.

 

 

Da Redação com Informações de Elisabety Borghelotti – Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado de Comunicação – Secom