Nacional: Fachada do Centro de Convenções de Salvador desaba e deixa três pessoas feridas.

Fachada do Centro de Convenções de Salvador desaba e deixa três pessoas feridas.
Fachada do Centro de Convenções de Salvador desaba e deixa três pessoas feridas.

 

 

Uma parte da fachada do Centro de Convenções de Salvador desmoronou, na noite desta sexta-feira (23), após uma forte chuva. Parte da estrutura caiu, na entrada principal do complexo, que fica próximo à orla da cidade, no bairro do Stiep.

 

 

 
O espaço vinha passando por obras emergenciais e estava desativado. Três pessoas ficaram feridas, segundo a Polícia Militar da Bahia, que esteve no local, junto com o Corpo de Bombeiros. Os soldados da Polícia Militar Patrícia dos Santos Góes, 41 anos, Fábio Miranda Santos, 32 anos e Arivalter Fernandes dos Santos, 49 anos, estavam em serviço no local e sofreram escoriações leves. Eles foram atendidos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

 

 

 

No último dia 12 deste mês, a Secretaria de Turismo da Bahia (Setur) – responsável pela administração e pelas obras do Centro de Convenções – informou que o espaço teria reformas concluídas em outubro. Em novembro ocorreria no local o Congresso Internacional de Odontologia.

 

 

Segundo a Setur, as obras começaram em setembro do ano passado, com orçamento em torno de R$ 15 milhões. O ógão anunciou que, no local, estava feita a substituição de vigas, telhas e dutos no Teatro Yemanjá, recuperação das torres das saídas de emergência e portas corta-fogo e a instalação de novos banheiros. Além disso, estavam em andamento, os reparos nas partes de hidráulica, elétrica, pintura, forro e carpetes.

 

 

 

 

Uma das placas com informações da reforma mostra que o Ministério do Turismo fez investimento para a reforma do Hall Norte do local, com conclusão prevista para 2018. Até o fechamento desta matéria, a Setur não havia informado sobre a situação do Centro de Convenções e se a data da conclusão das obras foi adiada.

 

 

Da Redação com informações provenientes da Agências de Notícias Nacionais e da Agência Brasil