Nacional: Dois ônibus são incendiados na zona leste de São Paulo em protesto pela morte de um suspeito pela PM

Ônibus são incendiados na zona leste de São Paulo - Imagem de Claudiene da Silva/Reprodução TV Globo
Ônibus são incendiados na zona leste de São Paulo – Imagem de Claudiene da Silva/Reprodução TV Globo

 

 

 

Dois ônibus foram incendiados na noite desse domingo (15) na zona leste da capital paulista. A Polícia Militar (PM) informou que os ataques aos coletivos foram motivados pela morte de um homem durante abordagem policial.

 

 

Segundo a PM, o homem foi morto ontem às 11h50 quando caminhava pela Rua Estudantes da China, no Itaim Paulista, ao reagir a uma abordagem policial. A corporação informou que o suspeito estava armado.

 

 

 

 

Essa ocorrência despertou a revolta das pessoas, disse a PM. Um grupo abordou, às 18h, o coletivo que passava pela Rua Desembargador Octávio Gonzaga Júnior e ordenou que os passageiros descessem antes de atear fogo. O veículo fazia a linha 273N/10, entre a Cidade Kemel e o Metrô Vila Matilde.

 

 

 

 

O segundo ônibus foi incendiado na Rua Paulo Tapajós, a cerca de 1 quilômetro (km) do que foi queimado. Esse veículo fazia a linha 2076/10, entre o Terminal Penha e o Jardim Oliveiras. Os casos foram registrados no 50º Distrito Policial, no Itaim Paulista.

 

 

 

 

De acordo com a São Paulo Transporte (SPTrans), 46 ônibus foram incendiados neste ano. Em 2014, foram queimados 132 coletivos na cidade de São Paulo.