Nacional: Dia 12 de Outubro comemora-se o Dia do Engenheiro Agrônomo que é responsável pelo Agro cada vez mais forte

Dia 12 de Outubro comemora-se o Dia do Engenheiro Agrônomo que é responsável pelo Agro cada vez mais forte

 

 

Conservação do solo, controle de pragas, difusão de novas tecnologias, irrigação, comercialização e segurança alimentar. Essas ações são alguns exemplos da relevância da atuação do engenheiro agrônomo em prol de uma agricultura saudável e sustentável, que beneficia a população mundial e proporciona a qualidade dos alimentos consumidos em todo o planeta. Neste dia 12 de outubro, Dia do Engenheiro Agrônomo, a Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI), órgão da Secretaria de Agricultura e Abastecimento (SAA) do Estado de São Paulo, parabeniza o profissional responsável por tornar a produção agrícola eficiente e o agronegócio respeitado.

 

 

Por detrás dos alimentos que consumimos, das roupas que vestimos, do papel, da energia e do combustível que utilizamos, existe um profissional capaz de alimentar o planeta com boas ideias, promover a colheita em conformidade com o meio ambiente, trazendo qualidade de vida para o agricultor que produz e para os consumidores.

 

 

“No Brasil, a agropecuária é responsável por uma grande parcela do êxito em nossa economia e o engenheiro agrônomo tem parte significativa para esse sucesso”, afirma Arnaldo Jardim, secretário da SAA.

 

 

Para João Brunelli Júnior, coordenador da CATI, a presença do engenheiro agrônomo para a sociedade pode ser sentida dia a dia. “Sem um profissional capacitado para fornecer instruções e orientações, a agricultura e a agropecuária não teriam alcançado o êxito que possuem hoje”, disse.

 

 

Na SAA existem 658 engenheiros agrônomos, de um universo de 18.932 profissionais registrados pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de São Paulo (Crea-SP), que atuam na extensão rural, orientando o produtor para executar trabalhos relacionados à produção agrícola. Além disso, pesquisam e aplicam conhecimentos científicos e técnicos de manejo e práticas para aumentar a produtividade no campo, bem como para garantir a sanidade agropecuária em todo o território paulista.

 

 

Da Redação com informações provenientes da Assessoria de Comunicação da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo