Nacional – Cidadania: Governo Federal libera R$ 18 milhões para Obras Sociais Irmã Dulce

Presidente Jair Bolsonaro e ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. assinam portaria que torna disponível recursos ao Hospital Santo Antônio, na Bahia Foto: Marcos Corrêa/PR
Presidente Jair Bolsonaro e ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. assinam portaria que torna disponível recursos ao Hospital Santo Antônio, na Bahia Foto: Marcos Corrêa/PR

 

O presidente Jair Bolsonaro saudou hoje (15) o trabalho social da Irmã Dulce, canonizada no último domingo (13), em cerimônia conduzida pelo papa Francisco no Vaticano, tornando-se a primeira santa brasileira.

 

 

“Primeiramente, temos uma santa brasileira, Irmã Dulce dos Pobres. O que fica da obra dela é nós tentarmos ser, pelo menos um dia por ano, o que foi Irmã Dulce, uma mulher que levou esperança para muita gente, com seu sacrifício, sua abnegação e seu determinismo”, disse Bolsonaro durante cerimônia no Palácio do Planalto que marcou a liberação de verbas para uma associação que leva o nome da santa. “Estamos muito felizes neste momento, afinal de contas, uma parte considerável da população brasileira é católica, e a grande parte é cristã”, acrescentou.

 

 

 

Na solenidade, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, assinou portaria que autoriza o repasse de R$ 18 milhões ao Hospital Santo Antônio (HSA) – Associação Obras Sociais Irmã Dulce (OSID). A unidade de saúde é considerada o coração das obras sociais Irmã Dulce, em Salvador.

 

 

 

O presidente Jair Bolsonaro saudou hoje (15) o trabalho social da Irmã Dulce, canonizada no último domingo (13), em cerimônia conduzida pelo papa Francisco no Vaticano, tornando-se a primeira santa brasileira.

 

 

 

“Primeiramente, temos uma santa brasileira, Irmã Dulce dos Pobres. O que fica da obra dela é nós tentarmos ser, pelo menos um dia por ano, o que foi Irmã Dulce, uma mulher que levou esperança para muita gente, com seu sacrifício, sua abnegação e seu determinismo”, disse Bolsonaro durante cerimônia no Palácio do Planalto que marcou a liberação de verbas para uma associação que leva o nome da santa. “Estamos muito felizes neste momento, afinal de contas, uma parte considerável da população brasileira é católica, e a grande parte é cristã”, acrescentou.

 

 

Na solenidade, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, assinou portaria que autoriza o repasse de R$ 18 milhões ao Hospital Santo Antônio (HSA) – Associação Obras Sociais Irmã Dulce (OSID). A unidade de saúde é considerada o coração das obras sociais Irmã Dulce, em Salvador.

 

 

Da Redação com informações provenientes da Agência Brasil