Nacional – ALESP: Brasil comemora 107 Anos da Imigração Japonesa – 18/06/2015

Brasil comemora 107 Anos da Imigração Japonesa - 18/06/2015
Brasil comemora 107 Anos da Imigração Japonesa – 18/06/2015

 

 

Comemoramos em 18/6 os 107 anos da Imigração Japonesa no Brasil. Desde que assumi o meu primeiro mandato na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, fiz questão de realizar esta homenagem que é dedicada à comunidade nipo-brasileira como um todo, mas principalmente aos nossos pioneiros, a quem devemos tão importante data.

 

 

Em 2011, nos 104 anos da imigração fizemos um grande evento trazendo cerca de 1.500 convidados que prestigiaram uma sessão solene em reverência a todas as províncias japonesas representadas em São Paulo através de entrega de honrarias aos Kenjinkais (associações representativas das províncias).

 

Homenageamos também, na mesma oportunidade, os representantes da imprensa nipônica.

 

 

 

A partir de então, temos reunido os parlamentares nikeis das três esferas legislativas: municipal, estadual e federal para, juntos, realizarmos eventos comemorativos que homenageiam entidades e grandes expoentes na comunidade.

 

 

 

Na última segunda-feira, dia 15, às 20h em sessão solene, homenageamos os 107 anos da Imigração.

 

 

 

 

A solenidade foi realizada conjuntamente entre os vereadores Aurélio Nomura (PV), George Hato (PMDB) e Masataka Ota (PROS); deputados estaduais Hélio Nishimoto (PSDB) e Jooji Hato (PMDB) – proponentes da sessão solene nesta Casa – e os deputados federais Keio Ota (PSB), Walter Ihoshi (PSD) e William Woo (PV).

 

 

 

Também estiveram presentes os deputados estaduais Jorge Caruso (Líder do PMDB) e Itamar Borges (PMDB).

 

 

 

O evento homenageou a empresária Chieko Aoki da Rede Blue Tree Hotels, o ex-presidente do Bunkyo – senhor Kihatiro Kita, o embaixador da Boa Vontade de Okinawa – senhor Shinji Yonamine, o empresário André Maeda, do Parque Maeda localizado na cidade de Itu, a atual presidente do Bunkyo, senhora Harumi Arashiro Goya, o presidente da Associação Wakayama Kenjinkai do Brasil, senhor José Taniguti, o judoca Charles Chibana e o delegado da Polícia federal Yokio Oshiro.

 

 

 

O tenente-brigadeiro-do-ar Juniti Saito, ex-Comandante da Força Aérea Brasileira, também recebeu uma honraria especial. Ele foi o primeiro nipo-brasileiro a ocupar posto máximo de um dos três braços das Forças Armadas do Brasil.

 

 

 

A história de vida de cada um dos nossos homenageados, os objetivos alcançados, sua garra e determinação são motivos que nos fazem acreditar cada vez mais no potencial da nossa comunidade e no quanto podemos ajudar na construção e transformação do nosso país, que há 107 anos acolheu os pioneiros.

 

 

 

O atual cônsul do Japão em São Paulo, Takahiro Nakamae, fez parte da mesa que coordenou o evento e lembrou em seu discurso que São Paulo abriga a maior população japonesa fora do Japão.

 

 

 

 

Atualmente existe no Brasil 1,5 milhão de japoneses e descendentes, sendo 80% no Estado de São Paulo e a maioria na capital. Da comunidade japonesa no Brasil, 90% vivem nas cidades.

 

 

 

A imigração japonesa no Brasil teve início oficialmente em 18 de junho de 1908, quando o navio Kasato Maru aportou em Santos, trazendo 781 lavradores que foram encaminhados para trabalhar em fazendas do interior paulista.

 

 

 

Várias outras autoridades descendentes e não descendentes prestigiaram o evento, que contou também com cerca de 400 convidados.

 

 

 

Quero aproveitar a oportunidade e, com imenso sentimento de gratidão, agradecer aos que deixaram seus afazeres para reverenciar nossos ancestrais.

 

 

 

*Jooji Hato é deputado estadual pelo PMDB.

 

 

 

Fonte: Da Redação com informaçôes provenientes de Agências Nacionais e da Alesp