Meio Ambiente: Juazeiro e Petrolina viram carranca para defender o Velho Chico

Juazeiro e Petrolina viram carranca para defender o Velho Chico
Juazeiro e Petrolina viram carranca para defender o Velho Chico

 

 

Juazeiro, na Bahia, e Petrolina, em Pernambuco, as cidades divididas pelas águas do São Francisco, estarão unidas, no próximo dia 3 de junho, em defesa do rio que marca profundamente a história e o desenvolvimento desses dois municípios importantes do nordeste brasileiro. A programação do Dia Nacional em Defesa do Velho Chico, organizada pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco-CBHSF, acontece ao longo do dia nas duas cidades, mobilizando escolas, organizações culturais, associações comunitárias e toda a população ribeirinha convocada a ‘Virar Carranca para defender o Velho Chico’.

 

 
Pela manhã, a mobilização tem início no lado baiano do São Francisco, com concentração a partir das 8h, no histórico Vapor Saldanha Marinho, na Orla de Juazeiro. Lá acontecem apresentações artísticas, como a do grupo de dança da comunidade indígena Entre Serras Pankararu, do município de Petrolândia, Pernambuco. A programação matinal se encerra ao meio dia, com devolução de água limpa e alevinos ao rio (peixamento). “O ato simboliza a devolução da vida ao rio, que precisa ter de volta suas águas limpas, essenciais para o povo ribeirinho, e suas espécies animais desse rico ecossistema”, explica o coordenador da Câmara Consultiva do Submédio São Francisco, cacique Uilton Tuxá.

 

 

 

 
No turno da tarde, a mobilização ganha novo fôlego no lado pernambucano do rio. Às 14h, a concentração começa na Praça do Bambuzinho, no centro da cidade de Petrolina, onde será instalada uma exposição fotográfica que destaca o povo do rio e suas demandas, organizada pelo Comitê da Bacia do São Francisco. No centro da cidade terá início uma caminhada até a Orla 1, onde ocorrem outras apresentações artísticas, pronunciamentos e, mais uma vez , devolução de água limpa ao rio.

 

 

 

 

Durante todo o dia, serão recolhidas assinaturas para serem entregues ao Governo Federal. “Estamos com um abaixo assinado pela criação do Conselho Gestor do Programa de Revitalização da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco. Pedimos que este projeto, que existe desde 2001, seja prorrogado por mais 20 anos”, destaca o cacique Tuxá.

 

 

 

 
Data Municipal – Mobilizado pela campanha do CBHSF “Eu viro carranca para defender o Velho Chico”, o vereador Adalberto Bruno Filho apresentou, no dia 28 de maio, na Câmara Municipal de Petrolina, projeto de lei que institui o dia 3 de junho no calendário de eventos da cidade como o Dia Municipal de Defesa do Rio São Francisco. A iniciativa visa “despertar no povo de Petrolina um sentimento de pertencimento em defesa do Rio São Francisco”, afirma o trecho do projeto.

 

 

 

O Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco é um órgão colegiado, integrado pelo poder público, sociedade civil e empresas usuárias de água, que tem por finalidade realizar a gestão descentralizada e participativa dos recursos hídricos da bacia, na perspectiva de proteger os seus mananciais e contribuir para o seu desenvolvimento sustentável. A diversidade de representações e interesses torna o CBHSF uma das mais importantes experiências de gestão colegiada envolvendo Estado e sociedade no Brasil.

 

Todos somos Chico
Todos somos Chico

 

 

Da Redação com informações provenientes de Antônio Moreno e André Santana – Assessoria de Comunicação CBHFS