Meio Ambiente – Dia Mundial da Água: CATI celebra Dia Mundial da Água destacando ações voltadas à preservação dos recursos hídricos no Estado de São Paulo

CATI celebra Dia Mundial da Água destacando ações voltadas à preservação dos recursos hídricos no Estado de São Paulo

 

Contribuir para a conservação e melhora na oferta e qualidade da água, bem como promover programas e ações participativas que integrem a sociedade com relação à conscientização na utilização dos recursos hídricos. Esse tem sido o trabalho da Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI), órgão da Secretaria de Agricultura e Abastecimento (SAA) do Estado de São Paulo, ao longo de seus 50 anos de história com a participação de engenheiros agrônomos especializados na conservação da água e do solo. Neste dia 22 de março, Dia Mundial da Água, a CATI apresenta projetos recentes que contribuíram para o planejamento da ocupação da territorialidade, influindo diretamente na correta gestão dos recursos hídricos.

 

 

 

 

Conservação do solo

 

 

 

 

Conservar o solo é conservar a vida. Com essa ideia, em 2013, foi criado o Projeto Integra SP, projeto de recuperação de áreas degradadas. Em São Paulo, estima-se que cerca de 80% da área agrícola sofra algum grau de degradação. O Projeto Integra SP faz parte do compromisso assumido pelo governo do Estado de São Paulo de recuperar, até 2020, ao menos 20% das áreas com pastagens degradadas e também realizar ações de ampliação de áreas de plantio direto e áreas com sistemas agroflorestais.

 

 

 

 

Preservação

 

 

 

 

Em 2016, a CATI continuou promovendo trabalhos de conscientização da importância dos recursos hídricos, como por exemplo a implantação de sistemas que promovam economia de água na produção de flores ornamentais. A iniciativa serviu de referência para o agricultor, que pôde buscar na Casa da Agricultura o auxílio para obter mais economia em sua produção. O produtor de Limeira, Luiz Nadir Juliato, que há 60 anos se dedica ao cultivo de orquídeas, implantou em sua propriedade um sistema que reduziu de 50 a 60% o consumo de água em sua produção. Ele instalou uma calha coletora de água das chuvas, que são direcionadas por meio de tubos de construção a um reservatório com capacidade para 65 mil litros. Além de economizar água, o produtor evitou a erosão em seu terreno.

 

 

 

 

Projeto Água Viva

 

 

 

 

Um dos destaques de 2016 foi o Projeto Água Viva,; uma iniciativa da CATI que potencializa a produção de água e garante a sua qualidade nas bacias de captação do Sistema Cantareira. O Projeto está disponibilizado no site da CATI. O Projeto Água Viva mostra que a crise de água não é consequência apenas de fatores climáticos, mas concorrem com o seu agravamento o uso irracional dos recursos hídricos. O trabalho mostra que é possível amenizar as consequências e, em muitos casos, reverter as situações de crise, criando políticas e sobretudo consciência ambiental sobre o uso desse indispensável recurso natural. (http://www.cati.sp.gov.br/portal/themes/unify/arquivos/produtos-e-servicos/acervo-tecnico/recursos_naturais/ProjetoAguaVivaCATI2016.pdf)

 

 

 

Programa Nascentes

 

Programas Nascentes

 

 

 

Outra iniciativa que ganhou destaque na Região Metropolitana de Campinas (RMC) foi o Programa Nascentes, na cidade de Holambra. Em fase final de execução, o Programa Nascentes é a maior iniciativa já lançada pelo poder público para manter e recuperar as matas ciliares e promove a restauração ecológica ao mesmo tempo em que protege os recursos hídricos. Os números não deixam dúvidas do sucesso do Programa: 23 mil mudas plantadas, 2,5 mil metros de cercas de isolamento de área de preservação permanente foram colocados, média de 255 hectares de terraceamento e mais 92 hectares de subsolagem, instalação de 12 mil m² de lona de impermeabilização de tanques de captação de água de chuva, 166 fossas biodigestoras instaladas, 48,1 quilômetros de estradas rurais recuperados e 25 nascentes foram recuperadas.

 

 

 

 

Cartilha gratuita

 

 

A publicação, de 35 páginas e supervisão técnica do engenheiro agrônomo Mário Ivo Drugowich, especialista no tema conservação do solo, tem o objetivo de apresentar, de maneira simples, as principais práticas para que as ações da agricultura não venham a comprometer a qualidade e a quantidade de água.

 

 

 

O material aborda conceitos sobre irrigação, proteção de nascentes com plantio de mata ciliar e tecnologias voltadas à irrigação, que têm o objetivo de reduzir o consumo de água, tornando-o mais eficiente. Outras medidas, como a conservação do solo, também foram abordadas, pois estão vinculadas à proteção da água.

 

 

 

 

Um dos objetivos foi elaborar uma cartilha de fácil entendimento para toda a população, mas também para que a geração mais jovem compreenda, desde cedo, o valor e a necessidade de se respeitar e conservar o meio ambiente em todas as suas ações diárias. Solo e água representam vida e a cartilha promove a consciência da sua importância.

 

 

 

 

A cartilha pode ser acessada pelo link: http://www.cati.sp.gov.br/portal/themes/unify/arquivos/produtos-e-servicos/acervo-tecnico/recursos_naturais/Uso-Racional-da-%C3%81gua-na-Agricultura.pdf

 

 

 

Conheça outros materiais

 

 

 

 

A CATI disponibiliza ainda, gratuitamente, publicações que tratam de temas de recuperação de matas ciliares, nascentes e olhos d’água, de amostragem de solo para análise, compostagem e conservação do solo. Você pode encontrar isso e muito mais por meio do link: http://www.cati.sp.gov.br/portal/imprensa/cartilhas-folderes-download

 

 

 

Sobre a data

 

 

 

O Dia Mundial da Água foi criado pela Organização das Nações Unidas (ONU) no dia 22 de março de 1992. Nessa data, todos os anos, é promovida uma discussão sobre os diversos temas relacionados a esse importante bem natural.

 

 

 

Na mesma data, a ONU também divulgou um importante documento: a “Declaração Universal dos Direitos da Água”. O texto apresenta uma série de medidas, sugestões e informações que servem para despertar a consciência ecológica da população e dos governantes para a questão da água.

 

 

 

 

Da Redação com informações provenientes do CATI