Justiça: Polícia Federal desarticula quadrilha voltada ao comércio ilegal de armas de fogo em Mato Grosso

POLÍCIA FEDERAL DEFLAGRA OPERAÇÃO INEPTUS
POLÍCIA FEDERAL DEFLAGRA OPERAÇÃO INEPTUS

 

 

A Polícia Federal realiza nesta sexta-feira (16) a Operação INEPTUS, que tem como objetivo desarticular associação criminosa voltada ao comércio ilegal de armas de fogo e munições, utilizando-se de documentação falsa para obter o registro federal de armas, em Mato Grosso.

 

 

Foram cumpridos 8 mandados de busca e apreensão, 7 de condução coercitiva e 11 intimações para entrega das armas de fogo adquiridas mediante a apresentação de documentos falsos, nas cidades de Tangará da Serra (MT), Cuiabá (MT), Sapezal (MT) e Nobres (MT)..

 

 

 

As investigações foram iniciadas em abril de 2015, tendo sido apurado no inquérito policial que uma psicóloga de Cuiabá e um instrutor de tiro de Tangará da Serra, ambos credenciados pela Polícia Federal para aplicação de exames de aptidão psicológica e de capacidade técnica, com o apoio de outras pessoas, teriam emitido laudos ideologicamente falsos que foram apresentados na Superintendência da Polícia Federal em Mato Grosso para instruir processos administrativos de aquisição de arma de fogo e renovação de registro.

 

 

 

Foi constatado também que os exames eram realizados em locais inadequados, ferindo a legislação e normativos administrativos para a concessão do registro federal de armas, bem como verificou-se a venda de munições a pessoas que não possuíam armas registradas, o que é vedado pela legislação vigente.

 

 

 

 

 

 

 

Da Redação com informações da Comunicação Social da Polícia Federal em Mato Grosso