Justiça: Operação Arapaima combate fraude no seguro defeso do Pescador Artesanal

Operação Arapaima combate fraude no seguro defeso do Pescador Artesanal
Operação Arapaima combate fraude no seguro defeso do Pescador Artesanal

 

 

A Polícia Federal deflagrou, hoje (22), a Operação Arapaima que tem como foco desarticular organização criminosa suspeita de cometer fraudes na concessão do benefício social de seguro defeso ao pescador artesanal.

 

 

Foram cumpridos 17 mandados de prisão temporária e 17 de busca e apreensão, nas cidades de Belém, Ananindeua, Soure, Cametá, Santa Isabel e Altamira, todas no Pará.

 

 

 

 

A concessão fraudulenta do benefício de seguro defeso do pescador artesanal a membros de colônias e outras entidades de pescadores no Estado do Pará, mediante a inserção de dados falsos no sistema de registro geral da pesca (RGP), possibilitava o cadastramento de pessoas que não apresentavam a qualidade de pescador artesanal.

 

 

 

 

A operação busca identificar os membro da organização criminosa, entre eles servidores e intermediários ligados aos órgãos públicos envolvidos no processo de concessão do benefício, que atuariam nas fraudes contra o seguro defeso na capital paraense, perante à Superintendência Federal da Pesca no Pará – SFPA e Postos do Sistema Nacional de Emprego (SINE/MTE), bem como às agências da Caixa Econômica Federal nesta capital.

 

 

 

Da Redação com informações do Departamento de Polícia Federal – MJ