Eleições 2018 – 2º Turno: TSE ordena retirada de manifesto contrário a Bolsonaro de site da UNE

TSE ordena retirada de manifesto contrário a Bolsonaro de site da UNE - Imagem: une.org.br
TSE ordena retirada de manifesto contrário a Bolsonaro de site da UNE – Imagem: une.org.br

 

 

O ministro Carlos Horbach, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), determinou que a União Nacional dos Estudantes (UNE) retire de seu site oficial um manifesto contra a candidatura de Jair Bolsonaro (PSL) à Presidência e também um link que direciona o internauta para a página “Bolsonaro Não”, no Facebook.

 

 

Horbach atendeu a um pedido da campanha de Bolsonaro, para quem as publicações são “ilegais e criminosas”, por caracterizarem propaganda eleitoral feita por pessoa jurídica, o que é vedado pelo Código Eleitoral.

 

 

 

 

O ministro determinou que as postagens intituladas “UNE, Ubes e ANPG assinam carta contra o ódio e saem em defesa da democracia” e “Motivos para não votar em Bolsonaro” sejam removidas. Os links já foram retirados.

 

 

 

 

O TSE negou, porém, a derrubada do perfil “Bolsonaro Não” do Facebook, por entender que os advogados do candidato “não lograram êxito em demonstrar de pronto que tal perfil é de autoria da UNE, o que inviabiliza o deferimento do pedido de retirada do ar da referida página e de seus conteúdos”.

 

 

 

 

Em manifestação publicada na página da UNE, a presidente da entidade, Marianna Dias, diz que Bolsonaro não aceita que pessoas pensem diferente dele e não aceita que organizações tenham pensamentos. “Ele chegou a dizer que não quer jovens críticos no nosso país deve ser por isso que ele se sente coagido com a nossa campanha”.

 

 

 

 

Da Redação com informações provenientes da Agência Brasil