Eleições 2018 – 2º Turno: Ministro da Segurança Pública alerta sobre “Fake News”, na retomada da Operação Eleições para o 2º Turno.

Raul Jungmann foi o escolhido pelo presidente interino Michel Temer para comandar o Ministério da Defesa - Foto: Wilson Dias/Agência Brasil
Ministro da Segurança Pública alerta sobre “Fake News”, na retomada da Operação Eleições para o 2º Turno. – Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

 

 

O Ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, voltou a alertar os eleitores contra fake News, ofensas e calúnias na internet. Ele foi enfático ao dizer que “não existe anonimato nas redes sociais”

 

 

A declaração foi dada nesta terça-feira, durante a retomada da Operação Eleições, no Centro Integrado de Comando e Controle das Eleições, em Brasília. Jungmann também destacou que qualquer irregularidade ou ocorrência ligada às eleições deve ser comunicada ao mesário nas seções eleitorais.

 

 

 

Também presente no centro, o ministro do Superior Tribunal de Justiça, Og Fernandes e também corregedor geral eleitoral, disse que comentários contra as instituições e a Justiça Eleitoral preocupam, mas ele não vê risco de se concretizarem ameaças às instituições democráticas.

 

 

 

A Operação Eleições no CICCE, que retornou nesta terça, vai até o próximo domingo, às seis horas da tarde. O espaço tem integração com quatorze instituições e órgãos e vai concentrar as investigações de denúncias e ocorrências ligadas ao período eleitoral, para suporte à Justiça Eleitoral e à Polícia Judiciária Eleitoral.

 

 

 

 

Segundo a Polícia Federal, desde o dia primeiro de outubro, a corporação lavrou 241 termos circunstanciados de ocorrência, instaurou 214 inquéritos policiais, conduziu mais de 400 pessoas a delegacias e apreendeu mais de R$ 2,5 milhões em bens. O maior número de ocorrências de crimes eleitorais, no primeiro turno, foi registrado no Rio de Janeiro, seguido do Ceará e São Paulo.

 

 

 

 

Da Redação com informações provenientes da Rádio Agência Nacional