Economia: Ressarcimento aos Clientes é discutido em reunião do Grupo Multidisciplinar da Área de Distribuição de Energia

Ressarcimento aos Clientes é discutido em reunião do Grupo Multidisciplinar da Área de Distribuição de Energia – Imagem: Sindienergia/Divulgação

 

 

Gestores das concessionárias CPFL Energia, EDP São Paulo, Elektro e Energisa participaram do segundo encontro do Grupo Multidisciplinar da Área de Distribuição de Energia Elétrica do SindiEnergia, sob a coordenação de Luiz Sergio Assad, diretor-presidente da entidade.
 

 

 

 

No evento realizado em 04 de abril, na capital, o intercâmbio de “Práticas de Ressarcimento aos Consumidores” para os casos de danos motivados por distúrbios na rede elétrica foi o ponto alto da reunião, que contou com as apresentações de Neiva Beatriz Vincentin, gerente de Ressarcimento de Danos da CPFL Paulista e CPFL Piratininga; e de André Fernandes, analista Comercial da Elektro.
 

 

 

 

As informações compartilhadas possibilitaram aos representantes de concessionárias a discussão de procedimentos para a indenização de consumidores em suas áreas de concessão, assim como as estruturas de atendimento para solicitações de clientes, que envolvem os processos de abertura do pedido, análise da situação, eventual vistoria presencial, devolutiva da empresa ao consumidor e ressarcimento – quando há comprovação de nexo de causalidade.
 

 

 

 

 

Dentre as trocas de experiências na relação com o público, os profissionais observaram a importância de tornar a linguagem das comunicações acessível aos clientes para que consigam melhor compreender os motivos técnicos que levam a um deferimento ou indeferimento dos pedidos de indenização e o impacto da comunicação digital – via e-mail – no tempo de tratamento dos casos.
 

 

 

 

Outros aspectos tratados foram os critérios adotados pelas concessionárias de distribuição para verificação “in loco” dos danos em equipamentos causados por falha na rede elétrica e medidas para identificação de situações de fraude, que são apenas uma pequena parte dos casos atendidos, de acordo com os executivos do setor.
 

 

Todas as empresas seguem a regulação da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) para os processos de indenização de clientes e o encontro agregou aos agentes tanto pela apresentação dos protocolos adotados, bem como pela troca de experiências sobre o diálogo junto aos órgãos reguladores federal e estadual para a melhoria dos procedimentos.

 

 

 

 
Sobre o Grupo

 

 

 

 

 
Criado em 2017 a pedido dos executivos do setor, os profissionais reunidos no Grupo Multidisciplinar da Área de Distribuição de Energia Elétrica discutem gestão do atendimento ao cliente e o alinhamento para interlocução junto a órgãos governamentais, reguladores e de representação dos consumidores.

 

 

 

 

 

 

 

Da Redação com informações provenientes da Sindienergia