Economia: Bovespa inicia semana com queda de 1,54%; dólar sobe e fecha a R$ 3,27

Em mais um dia de desconfiança o dólar bate novo recorde histórico e fecha perto dos R$ 4,15.
Bovespa inicia semana com queda de 1,54%; dólar sobe e fecha a R$ 3,27

 

O principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo (BM&F Bovespa), Ibovespa, encerrou o dia com queda de 1,54%. O dólar, por sua vez, terminou o pregão cotado a R$ 3,27 na venda, com alta de 0,6%.

 

 

 

 

Nesta segunda-feira (22), dia em que a agência de classificação de risco Moody’s informou o rebaixamento dos ratings (classificação é feita a partir de uma avaliação concedida pelas principais agências de classificação de risco) da JBS, as ações da empresa caíram 30% na Bovespa.

 

 

 

 

 

Apesar das perdas, a Bovespa e a moeda norte-americana abriram a semana com oscilações menores que as da quinta-feira (18), o dia seguinte à divulgação da delação da JBS envolvendo o presidente da República, Michel Temer, e o senador Aécio Neves (PSDB-MG).

 

 

 

 

Na ocasião, o Ibovespa chegou a cair 10,6% e foi acionado o circuit breaker. O mecanismo paralisa os negócios por meia hora quando a Bolsa tem quedas superiores a 10%. Na ocasião, a Bovespa terminou o pregão em queda de 8,8%. No mesmo dia, o dólar encerrou com alta de 7,9%.

 

 

 

 

Na sexta-feira (19) a Bovespa encerrou em terreno positivo, subindo 1,69%, e o dólar a R$ 3,28, caindo 3,9%.

 

 

 
Da Redação com informações provenientes da Agência Brasil