Economia – Agronegócios: Segunda etapa da vacinação contra a febre aftosa começa na quinta-feira em todo o Brasil – 01/11/2018.

Vacinação contra a febre aftosa
Vacinação contra a febre aftosa

 

 

A partir da próxima quinta-feira, 1º de novembro, pecuaristas de várias regiões do país podem iniciar a segunda etapa da vacinação contra febre aftosa, que vai atingir animais com até 24 meses.

 

 

A primeira etapa foi realizada em maio, quando foram vacinados 197,87 milhões de animais, de um total previsto de 201,23 milhões de cabeças.

 

 

 

Apenas o Acre, Espírito Santo, Paraná e parte de Roraima vão vacinar todo o rebanho.

 

 

 

Os estados com maior número de animais são o Mato Grosso, com 30 milhões, seguido de Minas Gerais, com pouco mais de 23 milhões de cabeças.

 

 

 

A cidade com o maior rebanho é São Félix do Xingu, no Pará: 2,2 milhões de animais.

 

 

 

 

O Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa dividiu o país em cinco blocos de estados para a eliminação completa da necessidade de vacinação até 2026.

 

 

 

 

De acordo com o Ministério da Agricultura, mesmo com o Brasil começando a retirar a vacinação, está sendo criado o Banco de Vacinas e Antígenos.

 

 

 

 

O banco terá estoques estratégicos de vacinas aos quais os países poderão recorrer em caso de eventuais emergências sanitárias.

 

 

 

 

O Brasil é considerado livre de febre aftosa com vacinação pela Organização Mundial de Saúde Animal.

 

 

 

 

O estado de Santa Catarina, que não vacina o rebanho desde 2000, é reconhecido, desde 2007, como área livre da doença sem vacinação.

 

 

 

 

 

Da Redação com informações provenientes da Radio Agência Nacional.