Brasil – Meio Ambiente: Associação Amigos do Peixe-boi faz campanha para promover a cultura de doação

Com o lema ‘Ampare essa Ideia’, a Ampa participa nesta terça-feira (27 de novembro) do Dia de Doar, campanha que envolve mais de 45 países ao redor do mundo promovendo a cultura de doação

 

 

Para fortalecer o Movimento por Uma Cultura de Doação organizado pela Associação Brasileira de Captadores de Recursos (ABCR), a Associação Amigos do Peixe-boi (Ampa), participa da campanha Dia de Doar, com o nome ‘Ampare essa Ideia’, no dia 27 de novembro com o objetivo de arrecadar doações para as atividades dos projetos executados pela organização.

 

 

A Ampa é uma organização não governamental que realiza ações de pesquisa e conservação em prol dos mamíferos aquáticos da Amazônia (peixe-boi, boto-vermelho e tucuxi), que sofrem com a caça e o comércio ilegal. A Ampa tem como principal parceiro o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTIC) e recebe apoio financeiro da Petrobras para as ações do Projeto Mamíferos Aquáticos da Amazônia.

 

 

 

 

Para a pesquisadora do Inpa e coordenadora do Projeto Mamíferos Aquáticos da Amazônia, Vera da Silva, é de extrema importância incentivar a cultura de doação na sociedade. “É muito interessante este movimento de doação aqui no Brasil. O brasileiro é um povo generoso por natureza, e essas iniciativas podem estimular a sociedade a apoiar as ações de conservação e pesquisa, como ocorre em outros lugares do mundo”, comenta.

 

 

 

Como Doar?

 

 

 

Você pode ajudar no combate à caça ilegal dos mamíferos aquáticos da Amazônia e na reabilitação e manejo de animais resgatados e assim juntos conseguimos promover a conservação dessas espécies! A doação pode ser realizada de duas formas:

 

1. Enviar um valor para a conta da AMPA no banco Santander: Agência 3230. C/c 130.000.18-9. CNPJ 04.212.442/0001-52

2. Adquirindo um souvenir na loja Ajuri Ambiental, parceira da Ampa.A loja fica no endereço rua Bem-ti-vi, N°3, Petrópolis, ao lado do estacionamento do Bosque da Ciência. Acesse aqui a página do instagram.

 

 

 

Todas as doações serão revertidas para atividades de conservação e manejo do peixe-boi, e pesquisas com o boto-vermelho e otucuxi, além de promover ações de educação ambiental junto aos estudantes de escolas públicas e comunidade do entorno de áreas afetadas pela caça ilegal.

 

 

 

Amanhã (27), a Ampa estará promovendo atividade de Educação Ambiental, das 10h às 11h para que o público conheça mais sobre a pesquisa e manejo do peixe-boi da Amazônia, no Bosque da Ciência, no Inpa, localizado no bairro Petrópolis.

 

 

 

Sobre a Ampa

 

 

 

 

Associação dos Amigos do Peixe-boi foi criada há 18 anos com o objetivo de promover a pesquisa e a proteção dos mamíferos aquáticos da Amazônia, e ainda propiciar à sociedade um convívio saudável com a fauna da Amazônia.

 

 

 

A Ampa é responsável por executar o Projeto Mamíferos Aquáticos da Amazônia, cujo principais objetivos são resgatar, reabilitar e reintroduzir peixes-bois (Trichechusinunguis) aos rios da Amazônia, além de auxiliar o projeto Boto do Inpa, que pesquisa a bioecologia do boto-vermelho e do tucuxi para a conservação das espécies.

 

 

 

 

A principal cidade envolvida é Manaus, onde, em parceria com o Laboratório de Mamíferos Aquáticos (LMA) do Inpa, a Ampa reabilita e cria filhotes de peixes-bois, além de desenvolver atividades de educação ambiental no Bosque da Ciência e em escolas da cidade.

 

 

 

 

As pesquisas realizadas geram informações que alertam as autoridades e comunidade internacional sobre a e caça ilegal do peixe-boi para comercialização da carne e a matança do boto-vermelho.

 

 

 

 

Da Redação com informações provenientes da Associação Amigos do Peixe-boi – AMPA / Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia – INPA