Bragança Paulista: Imprensa Bragantina repercute o clima tenso entre os vereadores na última sessão da Câmara Municipal.

Câmara Municipal
Câmara Municipal

 

A última sessão da Câmara de Bragança Paulista foi repercutida na imprensa local, como sendo constrangedora e tensa, alimentada de um sentimento de derrota  por parte de alguns vereadores da situação,  ainda da sessão extraordinária de segunda-feira, aonde o projeto do executivo de que pretendia criar as Zonas Especiais de Interesse Social- ZEIS, alterando o Plano Diretor e Código de Urbanismo, não conseguiu êxito.

 

O clima ainda ficou ainda mais tenso pela retirada do projeto complementar 05/2015 pelo executivo,  do projeto que pretendia a renovação do contrato do município com a Sabesp, em sua   justificativa o prefeito Fernão Dias   disse da necessidade da complementação devido aos  estudos enviados pela Câmara.

 

Os ex-líderes do prefeito, Padre Juzemildo (PT) e Pastor Valdo(PROS),  foram protagonistas de alguns momentos tensos.

 

O vereador Petista ressaltou em tom de revolta, que foi uma grande perda para a cidade. “Podemos estar rasgando R$50 milhões. Não sou capacho, não uso cabresto. Respeito a posição do prefeito, mas não podemos ser ludibriados por esse grupo político”  e ainda insinuou que alguns vereadores venderam o mandato e seguem orientações de quem os comprou  (ao insinuar que o grupo Chedid interferiu na tramitação do projeto da Sabesp).

 

O Pastor Valdo,  que em seu pronunciamento voltou ao assunto das ZEIS, ressaltou que população pedia a aprovação, referindo-se a Sabesp ele  defendeu que não haveria a necessidade da retirada do projeto. “Não compete mais nada a essa Casa, a não ser aprovação da outorga. Diante da reação de ontem, claro que o prefeito resolveu retirar”, completou.

 

Os vereadores Gi Borboleta, Miguel  Lopes, Mario B Silva, não ficaram satisfeitos com críticas  e taxaram de infeliz as colocações dos ex-líderes do prefeito, e ainda falaram em leva-los a comissão de ética e decoro parlamentar.

 

 

Da Redação com informações da Imprensa local: Jornal em Dia, Bragança Jornal Diário, Gazeta Bragantina.