Atibaia: Guarda Municipal fica ferido ao proteger mãe e filha de garrafas e Pedras lançadas por bardeneiros no Carnaval de Atibaia

Guarda Municipal fica ferido ao proteger mãe e filha de garrafas e Pedras lançadas por bardeneiros no Carnaval de Atibaia
Guarda Municipal fica ferido ao proteger mãe e filha de garrafas e Pedras lançadas por bardeneiros no Carnaval de Atibaia – Imagem: Jornal G8

 

 

A nota triste do carnaval em Atibaia, foi a atitude “covarde” de “baderneiros” que em poucos minutos se organizaram na Praça do Rosário, na madrugada do dia 6, por volta das 3h30.

 

 

 

COMO TUDO ACONTECEU:

 

 

 
Todos os eventos realizados pela Prefeitura em Atibaia terminaram por volta da meia-noite. Os foliões se divertiram na Praça da Matriz e no Centro de Convenções. Três horas e meia após as festividades oficiais terem terminado, inclusive o “Bloco do Caveira” ter se dispersado, várias pessoas se aglomeraram na Praça do Rosário e começaram a ligar o som dos veículos em alto volume, promovendo um “PANCADÃO” sem autorização oficial.

 

 

 

 

Em poucos minutos, os baderneiros começaram a pular sobre os veículos que passavam na Praça e a atirar garrafas de vidro e pedras na Polícia Militar e na Guarda Municipal de Atibaia, que realizavam a segurança da população. Para salvaguardar a população que nada tinha a ver com o baile funk, A Polícia Militar em conjunto com a Guarda Municipal de Atibaia, formaram uma linha de proteção e se fez necessário, diante da atitude dos baderneiros, o uso de munição química e carga de cassetetes. Conseguindo assim dispersar os organizadores do “Pancadão” e salvaguardar as pessoas que passavam pelo local.

 

 

 
Os baderneiros no momento em que atiravam garrafas de vidro e pedras sobre a Força Policial, o GCM PAULO, em ATO DE BRAVURA, colocou-se a frente de uma mãe que estava com a sua filha, chorando muito, para protegê-las. Nesse exato momento, uma garrafa de vidro, atingiu o GCM PAULO, na cabeça e no rosto causando cortes e ferimentos profundos. Socorrido rapidamente ao hospital, o GCM PAULO recebeu mais de 20 pontos no rosto. Durante a ação, três homens foram qualificados, entre eles, o possível agressor.

 

 

 

 

Segundo o Jornal G8, que acompanhou todo o carnaval de forma ininterrupta. A POLÍCIA MILITAR e a GUARDA MUNICIPAL DE ATIBAIA, como sempre, realizaram um trabalho impecável, que é motivo de orgulho para toda a população de Atibaia. A organização do carnaval de Atibaia, foi perfeita, com seguranças particulares, para que todos pudessem se divertir da melhor forma possível.

 

 
É importante salientar que não foram foliões ou carnavalescos que promoveram a baderna, e sim vandalos, que jogaram garrafas e pedras, e que ultrapassa a baderna. Foi um ato de “CRIMINOSO”. Um integrante da Força Policial de Atibaia, que zela pela nossa segurança, poderia ter perdido a visão ou ter morrido.

 

 

 
Da Redação com informações do Jornal G8