Tecnologia: Fones de ouvidos explodem em avião e ferem jovem australiana

Fones de ouvidos explodem em avião e ferem jovem australiana

 

 

Autoridades australianas intensificaram o alerta de uso de aparelhos com baterias em aviões após um incidente ter sido registrado durante um voo de Pequim, na China, até Melbourne, na Austrália, no qual os fones de ouvido de uma jovem explodiram.

 

 

 
O incidente ocorreu no dia 19 de fevereiro em um voo entre Pequim e Melbourne.

 

 

 

 

A australiana, que não foi identificada, contou à Autoridade para a Segurança dos Transportes da Austrália (Atsb) que estava escutando música nos seus fones, que funcionam com baterias, quando sentiu que seu rosto estava queimando e que o aparelho estava fazendo um ruído estranho. “Coloquei as minhas mãos no meu rosto, o que fez com que o fone de ouvido ficasse em volta do meu pescoço.

 

 

 

 

 

Mas continuei a sentir que eu estava queimando, então o arranquei e o joguei no chão. Ele estava soltando faíscas e pegando fogo”, disse a jovem. A australiana foi ajudada por passageiros e pelos comissários de bordo do avião, que jogaram água nos fones para apagar o pequeno incêndio. A explosão fez com que a bateria e todo o revestimento de plástico do aparelho grudassem no chão da aeronave e deixou marcas pretas no rosto da jovem e bolhas em suas mãos. O nome da marca dos fones de ouvido não foi divulgado, mas acredita-se que o incidente aconteceu devido a uma falha nas baterias de íon-lítio.

 

 

 

 

No ano passado, várias companhias aéreas proibiram o transporte na cabine do telefone Samsung Galaxy Note 7 depois de vários casos de explosão de bateria.

 

 

 

 
Da Redação com informações da ANSA