Internacional – Vaticano: Vídeo do Papa apoiando isenção de juízes viralizou no Twitter no Brasil

Vídeo do Papa apoiando isenção de juízes viralizou no Twitter no Brasil

 

O papa Francisco defendeu nesta quinta-feira (4) a importância da independência dos juízes afirmando que todos precisam ser “isentos de favoritismos e das pressões que possam contaminar as decisões que devem tomar”.

 

 

“Rezemos para que todos aqueles que administram a justiça operem com integridade e para que a injustiça que atravessa o mundo não tenha a última palavra”, diz um texto de abertura do vídeo publicado nas redes sociais do Pontífice.

 

 

Além disso, a mensagem do líder da Igreja Católica diz que “dos juízes dependem decisões que influenciam os direitos e os bens das pessoas”, justamente por isso “sua independência deve ajudá-los a serem isentos de favoritismo e de pressões que possam contaminar as decisões que devem tomar”.

 

 

Por fim, Jorge Bergoglio pediu para que todos os juízes sigam o exemplo de Jesus Cristo, que “nunca negocia a verdade”.

 

 

 

O vídeo de cerca de um minuto foi publicado nos três perfis oficiais de Francisco (inglês, espanhol e português) no Twitter.

 

 

 

No entanto, na conta em português, a gravação viralizou e está liderando os trends topics da rede social. Diversos usuários acreditam que a oração é uma indireta ao ministro da Justiça Sergio Moro, em meio a polêmica levantada pelo “The Intercept Brasil”, após a revelação de mensagens do ex-juiz da Lava Jato com procuradores da operação, entre eles, Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa.

 

 

 

Da Redação com informações da ANSA