Internacional – Tecnologia: Facebook proíbe propagandas e anúncios de criptomoedas

Facebook proíbe propagandas e anúncios de criptomoedas

 

O Facebook decidiu banir qualquer tipo de publicidade de criptomoedas – incluindo o Bitcoin – na última terça-feira (30). O veto vale também para anunciantes legais, como o Icos (Ofertas Iniciais de Moedas).

 

 

 

A rede social anunciou que proibirá os anúncios que promovam “produtos e serviços financeiros que são associados frequentemente com práticas promocionais ‘enganosas'”.

 

 

 

O Facebook ainda explicou que a proibição é “intencionalmente” ampla para consentir com o tempo necessário para aperfeiçoar o processo de identificação e supressão dessas publicidades.

 

 

 

De acordo com Rob Leathern, que assinou a nota no blog da empresa, “dois dos nossos princípios de publicidade definem que acreditamos que os anúncios deveriam ser seguros e feitos para as pessoas em primeiro lugar.”

 

 

 

“Anúncios enganadores ou obscuros não têm lugar no Facebook”,completou.

 

 

 

Com a medida, o Instagram também será afetado e não permitirá mais anúncios de criptomoedas. Recentemente, o Bitcoin voltou a cair, e seu valor ficou abaixo dos US$ 12 mil, após ter batido o recorde de US$ 19,7 mil.

 

 

 

Mas, de acordo com o “Coin Market Cap” site que lista todas as moedas digitais, 24 horas após o anúncio do Facebook, o Bitcoin caiu 7,75%.

 

 

 

Da Redação com informações provenientes da ANSA