Internacional: Subsecretária-geral da ONU para Assuntos Humanitários garante apoio ao Nepal em “tempos de crise”

 

Destruição no Nepal. Foto: OCHA/Demetrius Wren
Destruição no Nepal. Foto: OCHA/Demetrius Wren

 

 

Ao encerrar sua visita ao país, subsecretária-geral da ONU para Assuntos Humanitários reforçou ao governo seu compromisso em fornecer assistência aos nepaleses; uma semana após terremoto, helicópteros continuam necessários para o acesso a áreas remotas.

 
A subsecretária-geral da ONU para Assuntos Humanitários encontrou-se neste sábado com o primeiro-ministro do Nepal, Sushil Koirala, durante seu último dia de visita ao país.

 

 
Uma semana após o terremoto, Valerie Amos garantiu ao primeiro-ministro o forte apoio da comunidade internacional durante o momento de crise no país. Durante a visita de três dias, Amos viu de perto a destruição causada pelo sismo e conversou com pessoas diretamente afetadas pelo desastre natural.

 

 
Trabalhadores Humanitários

 

 
A subsecretária-geral da ONU também acompanhou o trabalho dos profissionais que prestam assistências aos civis, incluindo equipes de busca e de resgate, médicos e trabalhadores humanitários.

 

 
Segundo o Escritório da ONU para Coordenação de Assistência Humanitária, Ocha, um grande volume de ajuda internacional está sendo utilizada no Nepal, com equipes trabalhando contra o relógio para ajudar os sobreviventes.

 

 
Apoio Financeiro

 

 
Helicópteros e aviões continuam sendo especialmente necessários para que a ajuda chegue às áreas mais remotas do país. Valerie Amos voltou a chamar a atenção para a necessidade urgente de se fornecer abrigo a centenas de milhares de civis que perderam suas casas com o terremoto.

 

 
Garantir cuidados de saúde e saneamento à população continuam sendo prioridades. Do apelo financeiro de US$ 415 milhões feito pelo Ocha, US$ 68 milhões foram recebidos até agora.

 

 

 

Da Redação com informações da Rádio ONU em Nova York