Internacional: Quase 900 mil são beneficiados pelo ‘bolsa família’ na Itália

Pedinte nas ruas da Itália. Foto: Marco/Flickr/Creative Commons

 

O número de pessoas que são beneficiadas pela “Renda de inclusão social” (Rei), uma espécie de “Bolsa Família”, na Itália, chegou a 900 mil no primeiro trimestre de 2018, segundo dados divulgados na última quarta-feira (28) pelo Observatório Estatístico.

 

 

 

 

De acordo com a pesquisa apresentada pelo Ministério Público da Itália em conjunto com o Instituto Nacional de Previdência Social (INPS), sete em cada 10 pessoas beneficiadas pelo programa residem na região sul do país. Ao todo, 316.693 pessoas, o equivalente a 110 mil famílias, recebem ajuda.

 

 

 

 

“É um instrumento nacional, estrutural e não passivo. É um caminho para as famílias que tem como objetivo sair da pobreza”, disse o ex-premier da Itália Paolo Gentiloni.

 

 

 

 

Ainda segundo Gentiloni, em breve, os benefícios vão auxiliar mais de 2,5 milhões de pessoas. A iniciativa prevê o pagamento de até 485,4 euros por mês para cada família que comprovar ter uma renda mensal dentro do teto do programa.

 

 

 

 

Os primeiros pagamentos do “Bolsa Família” italiano começaram no final de janeiro.

 

 

 

 

Da Redação com informações provenientes da ANSA