Internacional: Petróleo e ouro disparam após ataque do EUA na Síria

Petróleo e ouro disparam após ataque do EUA na Síria

 

 

Após os Estados Unidos lançarem dezenas de mísseis na Síria nesta quinta-feira (7), o preço do petróleo e do ouro dispararam, atingindo o valor mais alto das últimas quatro semanas.

 

 

 

 
O valor do petróleo Brent subiu de US$54,88 para US$55,57 por barril, a maior tarifa desde o dia 8 de março. Em nova York, o aumento foi de 1,7%.

 

 

 

 

 

Com o bombardeio na Síria, a reação nos mercados globais foi imediata. Em relação ao ouro, o lingote para entrega imediata subiu mais de 1% para US$1.263 a onça. O metal está acumulando ganhos de quase 10% no ano.

 

 

 

 

 

A Síria é um dos principais produtores de petróleo do mundo. Na estação de energia hidrelétrica, onde há jazidas petrolíferas, cerca de 20 mil toneladas de petróleo são produzidas diariamente.

 

 

 

 

 

Da Redação com informações da ANSA