Internacional: Circo Barnum fez sua última apresentação nos EUA após 146 anos de fundação.

Circo Barnum fez sua última apresentação nos EUA após 146 anos de fundação.

 

Após 146 anos de apresentações, o icônico Ringling Bros. and Barnum & Bailey Circus, mais conhecido como Circo Barnum, fez sua última noite de espetáculos no domingo (21), em Long Island, nos Estados Unidos.

 

 

 

 
Conhecido com o slogan de “o maior espetáculo do mundo”, o evento teve uma apresentação em que os artistas se emocionaram muito – mas cumpriram sua missão de empolgar o público. Ao fim do show, todos os artistas foram ao palco, muitos deles chorando bastante, e foram aplaudidos por sua última plateia.

 

 

 

 

O fim das atividades do Circo Barnum havia sido anunciado em janeiro deste ano pelo CEO da Feld Entertainment, que administrava a marca, Kenneth Feld. Entre os motivos que levaram o local ao fechamento está a constante queda de público dos espetáculos combinado com os altos custos para as apresentações bem como batalhas contra grupos de defesas de animais.

 

 

 

 
Ao longo das últimas décadas, dezenas de estados norte-americanos proibiram ou restringiram as apresentações com animais, o que fez com que o circo precisasse se reinventar.

 

 

 

 

Com seu primeiro show em 1871, em uma época em que a diversão das famílias era muito diferente da dos dias atuais, o grupo circense encantava crianças e adultos com seus shows inesperados de mágica e o uso de animais exóticos, como elefantes, tigres e gorilas, no picadeiro.

 

 

 

 
Apesar das lamentações dos artistas e dos fãs do circo, muitos ativistas comemoraram nas redes sociais o fim do “espetáculo mais triste do mundo”.

 

 

 

 

 
Da Redação com informações provenientes da ANSA