Internacional – Chile: Duas crianças brasileiras morrem após queda de rocha no Chile

Duas crianças brasileiras morrem no Chile (foto: Reprodução / Twitter)

 

 

Duas crianças brasileiras, de 3 e 7 anos de idade, morreram nesta segunda-feira (3) na região turística chilena de San José de Maipo, a cerca de 60km de Santiago, depois do deslizamento de uma rocha. O acidente ocorreu no reservatório El Yeso, área de risco de deslizamento e que tem a visitação proibida. As crianças, que nasceram no Maranhão, estavam acompanhadas dos pais e de outros 20 turistas no momento em que foram atingidas pela pedra.

 

 

A governadora da província local, Mireya Chocair, afirmou, durante pronunciamento divulgado pelo “Canal 13”, que as autoridades apuram uma possível responsabilidade dos guias turísticos. Segundo ela, existe uma lei municipal e regras claras em vigor, sendo que são totalmente conhecidas pelo público de que o acesso a área é proibido.

 

 

 

O desastre foi confirmado pelo Ministério das Relações Exteriores do Brasil e se torna a segunda tragédia envolvendo brasileiros no país vizinho em menos de 30 dias. No último dia 22 de maio, seis integrantes da mesma família faleceram intoxicados por monóxido de carbono em um apartamento no centro de Santiago.

 

 

 

Da Redação com informações provenientes Ansa