Internacional – Brexit: UE aceita adiar Brexit para 31 de janeiro de 2020

Reino Unido e UE chegam a acordo sobre conta do Brexit, diz jornal

 

Os Estados-membros da União Europeia aceitaram nesta segunda-feira (28) adiar a saída do Reino Unido do bloco de 31 de outubro de 2019 para 31 de janeiro de 2020.

 

 

A decisão foi tomada a apenas três dias do prazo fatal do Brexit e dá tempo para o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, conseguir aprovar o acordo de “divórcio” no Parlamento.

 

 

“Os 27 países da UE concordaram em aceitar o pedido do Reino Unido para uma extensão no Brexit até 31 de janeiro de 2020. A decisão deve ser formalizada por meio de um procedimento por escrito”, anunciou no Twitter o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk.

 

 

A Câmara dos Comuns do Reino Unido havia obrigado Johnson a pedir o adiamento do Brexit, embora o primeiro-ministro fosse contrário a uma nova mudança na data – inicialmente, a separação era para ter sido efetivada em 31 de março de 2019.

 

 

Na última quinta (24), o líder conservador disse que aceitaria prorrogar o Brexit, desde que a oposição concordasse em convocar eleições antecipadas para o próximo dia 12 de dezembro. Até o momento, o Parlamento aprovou apenas um pacote de leis que regulamenta a saída do Reino Unido da UE, mas não o acordo em si.

 

 

Da Redação com informações da Ansa