Internacional: Ataque em praia turística da Tunísia mata pelo menos 27 pessoas

Praia de Susse, na Tunísia Foto: Asram, Wikipédia
Praia de Susse, na Tunísia
Foto: Asram, Wikipédia

 

 

 

Pelo menos 27 pessoas morreram nesta sexta-feira (26) em ataques na praia diante de dois hotéis do balneário de Susse, centro-leste da Tunísia, zona de muito turismo. O número de feridos ainda é indeterminado, anunciou a televisão estatal.

 

 

 

“Há turistas entre as 27 vítimas fatais”, informou o porta-voz do ministério do Interior, Mohamed Ali Aroui. Ele não descartou a participação de vários terroristas no ataque. Ele acrescentou que pelo menos um deles entrou pelos fundos do hotel e saiu atirando. Susse, a 140km ao sul de Túnis, é um destino bastante procurado por estrangeiros, principalmente europeus.

 

 

 

 

Os tiroteios aconteceram em dois hotéis, um deles o luxuoso hotel Mahraba e o Mouradi Palm Marina hotel. Testemunhas teriam visto o corpo de um dos atacantes, junto a uma metralhadora, no local do ataque. Ele teria sido abatido durante tiroteio com a polícia.

 

 

 

 

Alerta máximo

 

 

 

 

A Tunísia está em estado de alerta máximo desde o atentado contra o Museu do Bardo, em Túnis, que fez 22 mortos, dos quais 21 turistas estrangeiros, em março. No ano passado, um kamikaze detonou uma carga de explosivos na praia de Susse, sem causar vítimas,

 

 

 

 

A partir de março a indústria do turismo, estratégica para o país, vem registrando quedas vertiginosas: 25,7% a menos no número de turistas em um ano e menos 26,3% de rendimentos vindos do turismo.

 

 

 

 

 
Fonte: Da Redação com informações provenientes de Agências de Notícias Nacionais e Internacionais e da RFI