Epidemia de Zika: ONU revela que pelo menos 12 grupos de cientistas trabalhando atualmente numa vacina contra o Zika

Meta da OMS é preparar um mapa de combate ao vírus tendo como base as medidas de combate e prevenção feitas contra o surto de ebola na África. Foto: OMS/G. Smyth
Meta da OMS é preparar um mapa de combate ao vírus tendo como base as medidas de combate e prevenção feitas contra o surto de ebola na África. Foto: OMS/G. Smyth

 

 

 

A Organização Mundial da Saúde está mapeando as áreas de pesquisa e desenvolvimento de uma vacina contra o zika vírus.

 

 

Segundo a agência da ONU, existem pelo menos 12 grupos de cientistas trabalhando atualmente numa vacina.
Prioridade

 

 

 
A OMS informou que a prioridade é o diagnóstico para assegurar a presença do zika ao contrário de outras doenças causadas por flavivírus, como a dengue e a febre amarela, que tem o mosquito como transmissor.

 

 

 
Alguns estudos estão sendo feitos para avaliar se terapias profiláticas podem ter o mesmo resultado para combater o zika como acontece, por exemplo, no caso da malária.

 

 

 
O uso de carros fumacê e a liberação de mosquitos modificados geneticamente também são opções vistas como positivas para tentar impedir a propagação do vírus.

 

 

 
Mapa de Combate

 

 

 
A OMS está trabalhando ainda na criação de uma rede de apoio regulatório para acelerar o processo de aprovação de testes clínicos nos países.

 

 

 
A agência quer também compartilhar amostras e análises do vírus entre os grupos que estão realizando pesquisas para combater o zika. A ideia é garantir o uso das melhores informações científicas para o desenvolvimento da vacina.

 

 

 
A meta da OMS é preparar um mapa de combate ao vírus tendo como base as medidas de combate e prevenção feitas contra o surto de ebola na África.

 

 

Da Redação com informações da Rádio ONU em Nova York