UFC New Orleans: Thiago Tavares encara o invicto Brian Ortega no UFC New Orleans neste sábado – 06/06/2015

Thiago Tavares  encara o invicto Brian Ortega no UFC New Orleans neste sábado - 06/06/2015
Thiago Tavares encara o invicto Brian Ortega no UFC New Orleans neste sábado – 06/06/2015

 

 

Atleta do Ultimate desde 2007, o veterano Thiago Tavares se prepara para mais um combate na carreira, quando encara o invicto Brian Ortega no UFC New Orleans, neste sábado (6), em duelo válido pelos penas. Sabendo que irá enfrentar um adversário que fará apenas sua segunda luta no Ultimate, o brasileiro promete usar toda sua experiência para anular o jogo do rival, e assim impor a primeira derrota na carreira de seu adversário.

 
“É um oponente difícil, um garoto novo, que vem invicto, destemido. Eu já vou para minha 16ª luta no UFC, sou um veterano. Minha estratégia será não deixá-lo se sentir à vontade, tomar o centro do octógono e afogá-lo para que ele saia da zona de conforto e sinta a pressão de lutar com um cara experiente”, falou o atleta ao portal catarinense RIC Mais.

 

 

 
Oriundo do jiu-jitsu, Tavares passou 50 dias na Tailândia visando aperfeiçoar seu muay thai para o combate, e também aproveitou para aprender sobre a cultura do país. “Eu venho do jiu-jitsu, do judô e fiquei fui até lá para aprimorar meu muay thai. Aprendi novas técnicas com os melhores e evoluí muito como atleta, mas também como ser humano. Eles têm uma filosofia de vida centrada nos ensinamentos do budismo, que vai muito além da religião. Eles são completamente desprendidos de bens materiais. Lá ninguém é melhor do que ninguém, todos são iguais”.

 

 

 

Aos 30 anos e com 25 lutas no cartel, o catarinense está completamente recuperado da lesão sofrida no início do ano, que o tirou da luta contra Nik Lentz no UFC Broomfield, e espera manter o corpo saudável para fazer pelo menos mais 15 lutas até a aposentadoria. “Já sou um veterano, então não estou mais aquela fase de garotão, de deslumbramento. Hoje, só quero treinar bem, e se o meu joelho não der mais problemas, acredito que vou chegar a fazer 40 ou 45 lutas. Depois irei passar mais tempo com meus amigos e família”

 

 

 

 
Fonte: Da Redação com informações provenientes do site oficial do UFC