Tênis de Mesa: Hugo Calderano e Thiago Monteiro se despedem do Aberto do Catar.

Calderano teve dificuldade de impor seu jogo no Catar. Foto: ITTF

 

 

 

Havia grande expectativa em relação à performance de Hugo Calderano no Aberto do Catar. O brasileiro, atual número 6 do mundo, foi vice-campeão da competição em 2018 e vinha apresentando performances consistentes no início da temporada 2019, com apenas uma derrota em 19 partidas do circuito internacional, levando em conta torneios da ITTF e da Liga Alemã.

 

 

O atleta carioca de 22 anos, contudo, não conseguiu repetir em Doha as apresentações que está acostumado. Na estreia da chave principal da competição, Calderano foi superado pelo belga Cedric Nuytinck, número 68 do ranking mundial, por 4 sets a 2, com parciais de 4/11, 14/16, 11/8, 9/11, 11/4 e 7/11.

 

 

 

Com o resultado, Calderano pode cair algumas posições no ranking mundial, em especial porque alguns rivais do top 10 seguiram adiante na competição. A chance de redenção virá no mês que vem. Calderano é um dos oito brasileiros inscritos no Mundial de tênis de mesa, que será disputado em Budapeste, na Hungria, entre 21 e 24 de abril. Os outros atletas nacionais são Bruna Takahashi, Lin Gui e Jéssica Yamada, no feminino, além de Gustavo Tsuboi, Eric Jouti, Vitor Ishiy e Thiago Monteiro, no masculino.

 

 

 

Monteiro, aliás, também foi eliminado na rodada inicial da chave principal do Aberto do Catar. Para o cearense de 37 anos, contudo, a derrota não teve sabor de frustração. Atual número 104 do mundo, Thiago só caiu diante do sul-coreano Jang Woojin, 11º do mundo, por 4 sets a 2 (4/11, 11/7, 11/9, 8/11, 8/11 e 4/11), e depois de vencer três partidas no qualifying sobre adversários melhor ranqueados que ele no circuito internacional, entre eles o nigeriano Quadri Aruna, 25º do mundo.

 

 

 

Com os resultados do dia, o Brasil não tem mais representantes no torneio, já que Gustavo Tsuboi perdeu na segunda rodada da fase de qualificação para o sul-coreano Daeseong Cho e a dupla entre Tsuboi e Hugo Calderano caiu na estreia diante da parceria belga composta por Martin Allegro e Florent Lambiet.

 

 

 

Da Redação com informações provenientes e vinculadas pela rededoesporte.gov.br