Taça Libertadores 2015: Corinthians perde para o Guaraní do Paraguai e completa quatro jogos seguidos sem saber o que é vencer uma partida.

Corinthians perde para o Guaraní do Paraguai com um frangaço do goleiro Cássio
Corinthians perde para o Guaraní do Paraguai com um frangaço do goleiro Cássio – EFE

 

 

Pelas oitavas de final da Taça Libertadores da América 2015, o Corinthians visitou o Guaraní (PAR) nesta quarta-feira (6) e foi derrotado pelo placar de 2 a 0.

 

O Corinthians apresentou um futebol abaixo da média e nada lembrou aquele time que encantou a sua torcida e ao Brasil nos primeiros meses do ano, parece que aquela sintonia e a maestria de seus jogadores perdeu-se como se fosse um encanto.

 

 

A maré anda complicada pelo lado do time do Parque São Jorge, nos dois últimos jogos pela Libertadores a sua defesa foi vazada quatro vezes, duas em cada partida, enquanto o seu ataque nada produziu. Assim sendo o time do Corinthians completa o quarto jogo seguido sem vitória, desde a vitória em cima da Ponte Preta no dia 11 de abril na sua arena, foram quatros jogos realizados, empate com San Lorenzo pela Libertadores (16/04), empate com o Palmeiras e eliminação nos Penâltis no Paulista (19/04), derrota para o São Paulo por 2 a 0 na Libertadores (22/04) e nesta quarta-feira (06/05) derrota para o Guaraní por 2 a 0 em Assunção pela Libertadores.

 

 

O Jogo

 

 

O Corinthians precisa vencer por três gols de diferença para seguir adiante na competição. O Guaraní se classifica para a próxima fase com derrota por um gol de diferença.

 

 

Os primeiros minutos de partida foram disputados, mas sem muitas chances reais de gol. O Guaraní procurava se arriscar mais no ataque e o Corinthians tentava ficar com a posse de bola.

 

 

Os dois times procuraram criar oportunidades e pressionar em busca do gol. Aos 41, Benítez foi lançado e partiu com a bola até ficar de frente para o gol e finalizar para Gil, debaixo da trave, salvar o Corinthians.

 

 

No começo do segundo tempo, Benítez tentou novamente o chute, desta vez de longe, e Cássio fez a defesa. Depois, Santander aproveitou bola lançada na área para ir para o cabeceio e perder a chance de abrir o placar para o time paraguaio.

 

 

O Guaraní se arriscava mais no ataque e aos 14 minutos, Santander foi para a cobrança de falta. Cássio chegou a pegar na bola, mas a deixou escapar e ela entrou na meta corintiana, em um verdadeiro frango.

 

 

A resposta do Corinthians foi rápida e Guerero quase empatou a partida, com a bola passando ao lado da meta dos donos da casa. O Guaraní passou a tocar mais a bola e a administrar a vantagem no placar, procurando jogar no contra-ataque.

 

 

Aos 26, Fábio Santos tentou o chute e acertou a trave de Aguilar. O Corinthians seguia pressionando, mas o Guaraní conseguiu espaço e aos 36, Contrera ganhou a disputa com Felipe e fez o segundo gol paraguaio.

 

 

Jogo de volta entre Corinthians e Guaraní-PAR pelas oitavas de final da Taça Libertadores da América 2015

 

 

Corinthians x Guaraní (PAR) – 13/mai – 22h00 – Arena Corinthians

 

 

Ficha técnica: Guaraní 2 x 0 Corinthians
Local: Estádio Defensores del Chaco, em Assunção (Paraguai)
Data: 6 de maio de 2015, quarta-feira
Horário: 19h45 (de Brasília)
Árbitro: Daniel Fedorzuck (Uruguai)
Assistentes: Nicolás Tarán e Richard Trinidad (ambos do Uruguai)
Cartões amarelos: Felipe e Fábio Santos (Corinthians)
Gols: GUARANÍ: Santander, aos 14, e Contrera, aos 36 minutos do segundo tempo

 

 

GUARANÍ: Aguilar; Patiño, Cáceres e Maldonado; Filippini (Contrera), Palau, De la Cruz, Mendoza e Bartomeus; Benítez (Juan Aguilar) e Santander (Fernández)
Técnico: Fernando Jubero

 

 

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Felipe, Gil e Fábio Santos; Ralf (Bruno Henrique), Elias, Jadson (Malcom), Renato Augusto e Luciano (Danilo); Guerrero
Técnico: Tite

 

Da Redação