Taça Libertadores 2015 – Corinthians encara o Guaraní do Paraguai em um jogo de tudo ou nada pela Libertadores.

Corinthians x Guaraní Paraguai
Corinthians x Guaraní Paraguai

 

 

Pelo jogo de volta das oitavas de final da Taça Libertadores 2015, o Corinthians recebe o Guaraní (PAR) na Arena Corinthians, nesta quarta-feira (13), às 22h. Com a derrota sofrida por 2 a 0 no Paraguai, o time alvinegro precisa de uma vitória por três gols de diferença para avançar no torneio. Caso a partida termine com o resultado igual ao jogo de ida, mas a favor do time paulista, o confronto será decido nos pênaltis.

 

Para tentar reverter o quadro negativo, o Corinthians não poderá contar com o atacante Emerson Sheik, suspenso. Sem poder escalar Luciano, lesionado e que foi a opção do técnico Tite no primeiro jogo, o treinador iniciará a partida com o garoto Malcom ocupando o lado esquerdo do ataque corintiano.

 

 

 

Para Tite, a equipe precisa apenas voltar a desempenhar um bom futebol para conseguir um melhor resultado. “O que eu peço é a normalidade de desempenho. Retomar padrão para ser melhor que o adversário. Não tem nada de motivação. O cara que não estiver motivado em uma partida assim é um alienado”, declarou o treinador.

 

 

 

O técnico Fernando Jubero, do Guaraní (PAR), quer o time focado para conquistar a vaga. “Não teremos margem de erro e isso implica um alto nível de concentração e trabalho em equipe. Sozinho, ninguém ganha a partida. Não precisamos de um herói, o time que deve ser o herói”, disse.

 

 

 

Ciente do apoio dos torcedores corintianos na Arena Corinthians, o treinador espera que o time esteja preparado para lidar com a situação. “Essa pressão é uma faca de dois gumes. Eles vão ter o apoio de sua torcida e vão querer marcar rápido. Temos que fazer com que esse apoio se converta em pressão para a equipe deles”, completou.

 

 

Ficha técnica

 

 

 

Corinthians: Cássio; Fagner, Felipe, Gil e Fábio Santos; Ralf; Jadson, Elias, Renato Augusto e Malcom; Guerrero.
Técnico: Tite.

 

 

Guaraní (PAR): Aguilar; Patiño, Cáceres e Maldonado; Filippini, Palau, De la Cruz, Mendoza e Bartomeus; Benítez e Santander.
Técnico: Fernando Jubero.

 

 

Árbitro: Enrique Osses (CHI);
Assistentes: Marcelo Barraza (CHI) e Christian Schiemann (CHI);
Quarto Árbitro: Claudio Puga (CHI);
Local: Arena Corinthians, em São Paulo;
Data: quarta-feira (13), às 22h.

 

 

 

Da Redação com informações da FPF