Polo Aquático – Super Final da Liga Mundial Feminina 2015: Seleção brasileira de polo aquático feminino fica em oitava na China

Seleção brasileira de polo aquático feminino
Seleção brasileira de polo aquático feminino

 

 

A seleção brasileira de polo aquático feminino encerrou sua participação na 12ª Super Final da Liga Mundial, em Xangai, na China, com uma derrota para a Itália por 11 a 2 (0 x 0 / 3 x 0 / 2 x 1 / 6 x 1), na disputa do 7º lugar da competição. Os gols brasileiros foram de Melani Dias, e a goleira brasileira foi Tess Oliveira.

 

 

Os Estados Unidos, a exemplo das edições de 2010 e 2012, conquistaram mais um título em decisão frente à Austrália. Desta vez a vitória veio em 8 a 7 (EUA 6×2 AUS / 1×3 / 0x0 / 1×2). Este é o 9º título da equipe americana na Liga Mundial, fora uma prata e um bronze. Somente na 2ª edição, em 2005, as americanas não subiram ao pódio. A Austrália possui agora quatro medalhas de prata e cinco de bronze na competição.

 

 

 

 

A Holanda subiu ao pódio pela primeira vez na Liga Mundial ao vencer a anfitriã China por 10 a 5 e garantir o bronze. Já a Rússia goleou o Canadá por 16 a 8 e ficou em 5º lugar.

 

 

 

 

A competição aconteceu no Natatorium, dentro do ‘Oriental Sports Centre’ da chinesa Xangai, mesmo local onde foi realizada a competição de polo no Mundial de Esportes Aquáticos de 2011.

 

 

 

Seleção brasileira Feminina = 1 – Tess Oliveira (goleira); 2 – Viviane Bahia; 3 – Marina Zablith (capitã); 4 – Marina Canetti; 5 – Lucianne Barroncas; 6 – Izabella Chiappini; 7 – Amanda Oliveira; 8 – Luiza Carvalho; 9 – Melani Dias; 10 – Flavia Fernandes; 11 – Mirella Coutinho; 12 – Gabriela Mantellato; 13 – Victória Chamorro. Técnico: Pat Oaten / Auxiliar-técnico: Roberto Chiappini.

 

 
Resultados

 

  • Dia 9/06 – 3ª feira
    Grupo A = Brasil 3 x 16 EUA / Holanda 14 x 15 Canadá (nos penaltis, após 9 a 9 no tempo normal)
    Grupo B = Austrália 8 x 4 Rússia / Itália 11 x 6 China

 

  • Dia 10/06 – 4ª feira
    Grupo A = Brasil 5 x 13 Holanda / EUA 9 x 3 Canadá
    Grupo B = Itália 14 x 12 Rússia / Austrália 11 x 5 China

 

 

 

  • Dia 11/06 – 5ª feira
    Grupo A = Brasil 8 x 11 Canadá / EUA 8 x 3 Holanda
    Grupo B = Itália 7 x 8 Austrália / China 9 x 7 Rússia

 

 

  • Dia 12/06 – 6ª feira
    Quartas-de-final = Itália 7 x 8 Holanda; Austrália 17 x 8 Brasil, Rússia 6 x 17 EUA e China 6 x 5 Canadá.

 

 

  • Dia 13/06 – sábado
    Disputa do 5º ao 8º lugar = Itália 11 x 13 Rússia (nos penaltis, após 9 a 9 no tempo normal); Brasil 6 x 8 Canadá
    Semifinais = EUA 8 x 5 Holanda / Austrália 5 x 3 China

 

 

 

  • Dia 14/06 – domingo
    Disputa do 7º lugar = Itália 11 x 2 Brasil
    Disputa do 5º lugar = Rússia 16 x 8 Canadá
    Disputa do bronze = Holanda 10 x 5 China
    Final = EUA 8 x 7 Austrália

 

 

 

Histórico de medalhas da Super Final da Liga Mundial Feminina de Polo Aquático

 

  • 2004 – Ouro: EUA / Prata: Hungria / Bronze: Itália
  • 2005 – Ouro: Grécia / Prata: Rússia / Bronze: Austrália
  • 2006 – Ouro: EUA / Prata: Itália / Bronze: Rússia
  • 2007 – Ouro: EUA / Prata: Austrália / Bronze: Grécia
  • 2008 – Ouro: Rússia / Prata: EUA / Bronze: Austrália
  • 2009 – Ouro: EUA / Prata: Canadá / Bronze: Austrália
  • 2010 – Ouro: EUA / Prata: Austrália / Bronze: Grécia
  • 2011 – Ouro: EUA / Prata: Itália / Bronze: Austrália
  • 2012 – Ouro: EUA / Prata: Austrália / Bronze: Grécia
  • 2013 – Ouro: China / Prata: Rússia / Bronze: EUA
  • 2014 – Ouro: EUA / Prata: Itália / Bronze: Austrália
  • 2015 – Ouro: EUA / Prata: Austrália / Bronze: Holanda

 

 

 
O polo aquático brasileiro treina e compete com recursos dos Correios – Patrocinador Oficial dos Desportos Aquáticos Brasileiros, e ainda do Bradesco/Lei de Incentivo Fiscal, Lei Agnelo/Piva – Governo Federal – Ministério do Esporte, Speedo, Sadia e Universidade Estácio de Sá.

 

 

 

 
Fonte: Da Redação com informações de Agências de Notícias Internacionais e Nacionais e de Giovana Moreira, direto de Xangai/CBDA