Paraolimpíadas Rio 2016 – Bocha: Com apoio da torcida, brasileiros comemoram vitórias e aniversários na bocha da Paralimpíadas Rio 2016

 Dirceu Pinto arremessa nas duplas mistas da BC4 (Foto: Rio 2016/Ana Patricia Almeida)
Dirceu Pinto arremessa nas duplas mistas da BC4 (Foto: Rio 2016/Ana Patricia Almeida)

 

O dia foi de festa em dose dupla para a bocha brasileira. No dia em que o esporte fez sua estreia nos Jogos Rio 2016, os atletas brasileiros forram empurrados pela torcida na Arena Carioca 2 e, depois de abrirem o dia com vitórias, puderam celebrar com os aniversariantes do dia, Dirceu Pinto e Marcelo dos Santos.

 

 
Dirceu, que completou 36 anos e é dono de quatro ouros nos Jogos Paralímpicos, confessou ter ficado surpreso com o apoio da torcida. O paulista até creditou aos torcedores a vitória brasileira por 4 a 3 sobre o Canadá nas duplas mistas da classe BC4.

 

 

 

 
“Nós tivemos que entrar em quadra, sentir a energia da torcida e pegar essa energia toda, canalizar e jogar para cima do adversário. A gente percebeu que a torcida veio com tudo junto com a gente e deu aquela energia, porque aquela bola do Marcelo ali, no finalzinho, fazendo os dois pontos e virando essa partida para a gente só veio com essa energia que a torcida estava passando. Foi espetacular o que a torcida fez aqui hoje”, comentou Dirceu.

 

 

 

Marcelo, que acertou a bola decisiva, foi justamente o outro aniversariante do dia. O atleta de 44 anos também enalteceu a participação dos torcedores apoiando os atletas brasileiros em cada partida do dia.

 

 

 
“O jogo foi maravilhoso e o apoio da torcida foi fundamental para a gente chegar aqui. Com certeza esse presente do dia está sendo para essa torcida maravilhosa e para todos os brasileiros. Eu não imaginava nunca ver uma torcida dessas nos apoiando com essa quantidade de pessoas. É fantástico e isso está sendo a força principal para que a gente possa chegar às vitórias”, contou.

 

 

 

 
Na rodada da manhã, nas equipes mistas BC1-2, o Brasil derrotou Hong Kong por 5 a 4. Mais tarde, nas duplas mistas da BC3, a vitória brasileira foi sobre a Bélgica, por 4 a 2.

 

 

 
Os jogos prosseguem no fim da tarde e outras três partidas envolvendo o Brasil serão realizadas: às 17h20, contra o Canadá, nas duplas mistas da BC3, às 18h50, contra a Tailândia, nas duplas mistas da BC4, e no mesmo horário, contra a Espanha, nas equipes mistas BC1-2.

 

 

 
Da Redação com informações provenientes do Rio 2016