Mundial de Desportos Aquáticos 2019 – Gwangju: Brasil garante vaga para Tóquio 2020 no revezamento 4 x 200m livre com recorde na Coreia

João de Lucca (à frente) e os demais integrantes do time brasileiro no revezamento 4 x 200m livre: classificação olímpica, recorde sul-americano e vaga na final na Coreia. Foto: Satiro Sodré/rededoesporte.gov.br

 

 

 

O time do revezamento 4 x 200m livre conquistou, na manhã desta sexta-feira (26.07) em Gwangju, noite de quinta-feira (25.07) no Brasil, a vaga para as Olimpíadas de Tóquio 2020. Nas eliminatórias, o time formado por Luiz Altamir, Fernando Scheffer, João de Lucca e Breno Correia fechou a prova com o tempo de 7min07s12, quebrando o recorde sul-americano, que havia sido estabelecido pela equipe brasileira no Mundial de Roma, em 2009, com o tempo de 7min09s71.

 

 

“A gente tem que pensar um passo de cada vez. Primeiro passo foi dado e vamos ver o que a gente pode melhorar para a final. O time está com uma energia muito boa e tem coisa para tirar ainda”, avaliou Fernando Scheffer.

 

 

 

Considerando os quatro que nadaram o revezamento 4 x 200m masculino, oito atletas participaram das eliminatórias na piscina da Nambu University. Do total, dois avançaram às semifinais, que serão disputadas na noite desta sexta na Coreia, manhã de sexta, no Brasil. No revezamento, cuja disputa não tem semifinal, o time brasileiro também briga por pelo pódio na noite desta sexta em Gwangju.

 

 

 

O primeiro a se apresentar foi Vinícius Lanza, nos 100m borboleta. Ele terminou a nona e última bateria na quarta posição, com o tempo de 51s83, e avançou às semifinais com a sexta melhor marca.

 

 

 

Os próximos a nadar, nos 50m livre, foram Bruno Fratus, dono de duas medalhas nesta prova em mundiais – prata em Budapeste 2017 e bronze em Kazan 2015, além de um prata em Budapeste no revezamento 4 x 100m livre – e Marcelo Chierighini, prata em Budapeste no revezamento 4 x 100m livre.

 

 

 

As 14 séries dos 50m livre reuniram 135 atletas. Marcelo foi o primeiro a nadar, na 12ª série, e fechou a prova com o tempo de 22s03, terminando as eliminatórias na 10ª posição geral e se classificando entre os 16 que disputarão as semifinais.

 

 

Já Bruno Fratus nadou na série seguinte, juntamente com o norte-americano Caeleb Dressel, ouro em Gwangju nos 100m livre, e, com o tempo de 21s71, terminou em 4º na classificação geral.

 

 

Caeleb, que por seis centésimos de segundo não bateu o recorde mundial de Cesar Cielo nos 100m, foi o mais rápido na série, com 21s49, e avançou às semifinais com o melhor tempo.

 

 

“Quem der mole e não estiver na melhor forma vai rodar. Consegui dar três respiradas, estava confortável”, disse Fratus, que, a exemplo dos melhores do mundo na prova, geralmente nadam a distância sem respirar uma única vez sequer.

 

 

Na sequência, Luiz Altamir, Fernando Scheffer, João de Lucca e Breno Correia fizeram bonito com o recorde sul-americano, a vaga olímpica e a classificação para a final no revezamento 4 x 200m.

 

 

Por fim, Viviane Jungblut competiu nos 800m livre. Ela fechou a prova com o tempo de 8min42s52 e terminou em 19º, ficando de fora da final, uma vez que as provas de longa distância não têm semifinais.

 

 

 

Programação e resultados do Brasil
Horários de Brasília

20.07 – Sábado

  • Eliminatórias
    400m livre masculino – Luiz Altamir (3min48s87) – não avançou às semifinais
    50m borboleta masculino – Nicholas Santos (23s48) – avançou às semifinais
    50m borboleta masculino – Vinicius Lanza (23s91) – não avançou às semifinais
    100m peito masculino – João Gomes (59s25) – avançou às semifinais
    100m peito masculino – Felipe Lima (1min00s00) – não avançou às semifinais
    Revezamento 4 x 100m livre masculino – Marcelo Chierighini, Pedro Spajari, Breno Correia e André Calvelo (3min12s97) – avançaram à final e conquistaram a vaga para Tóquio 2020

21.07 – Domingo

  • Semifinal dos 50m borboleta masculino – Nicholas Santos (22s77) se classificou para a final
    Semifinal dos 100m peito masculino – João Gomes Júnior (59s32) não avançou à final
    Final do revezamento 4 x 100m masculino – Brasil terminou na sexta colocação, com Marcelo Chierighini, Pedro Spajari, Bruno Fratus e Breno Correia
  • Eliminatórias
    100m costas masculino – Guilherme Guido (52s95 – novo recorde sul-americano) se classificou para as semifinais
    200m livre masculino – Breno Correia (1min47s26) não se classificou para as semifinais
    200m livre masculino – Fernando Scheffer (1min45s51) se classificou para as semifinais
    Semifinal dos 100m peito feminino
    1500m livre feminino – Viviane Jungblut (16min36s25) não se classificou para a final
  • 22.07 – Segunda-feira
    Final dos 50m borboleta masculino – Bronze para Nicholas Santos (22s79)
    Semifinal dos 100m costas masculino – Guilherme Guido (53s23) classificado para a final
    Semifinal 200m livre masculino – Fernando Scheffer (1min45s83) não se classificou para a final
  • 22h – Eliminatórias
    50m peito masculino – João Gomes (26s73) e Felipe Lima (26s73) estão classificados para a semifinal
    200m borboleta masculino – Leonardo de Deus (1min56s05) e Luiz Altamir (1min57s08) estão classificados para a final
    800m livre masculino – Guilherme Costa (7min58s67) não se classificou para a final

23.07 – Terça-feira

  • Semifinal dos 50m peito masculino – João Gomes Junior (26s84) e Felipe Lima (26s62) se classificaram para a final
    Final dos 100m costas masculino – Guilherme Guido (53s26) terminou em 7º lugar
    Semifinal dos 200m livre feminino
    Semifinal dos 200m borboleta masculino – Leonardo de Deus (1min55s71) se classificou para a final e Luiz Altamir (1min57s43) não conseguiu a vaga para a final e terminou na 13ª posição geral

Eliminatórias

  • 50m costas feminino – Etiene Medeiros (27s85) se classificou para a semifinal
    100m livre masculino – Marcelo Chierighini (47s95) e Breno Correia (48s39) se classificaram para as semifinais
    200m medley masculino – Leonardo Santos (1min59s37) se classificou para a semifinal e Caio Pumputis (2min01s06) não se classificou para a semifinal

24.07 – Quarta-feira

  • Final dos 50m peito masculino – Felipe Lima (26s66), medalha de prata, e João Gomes Junior (26s69), medalha de bronze
    Final dos 200m borboleta masculino – Leonardo de Deus (1min50s73) ficou em 7º
    Semifinal dos 100m livre masculino – Marcelo Chierighini (47s76) e Breno Correia (48s33) classificados para a final
    Semifinal dos 50m costas feminino – Etiene Medeiros (27s69) classificada para a final
    Semifinal dos 200m medley – Leonardo Santos (1min58s99) não se classificou para a final
  • 22h – Eliminatórias
    200m costas masculino – Leonardo de Deus (1min58s74) não se classificou para as semifinais
    200m peito masculino – Caio Pumputis errou um movimento, foi desclassificado e não avançou às semifinais

25.07 – Quinta-feira

  • Final dos 100m livre masculino – Marcelo Chierighini (47s93), ficou em 5º lugar, e Breno Correia (48s90), foi o 8º
    Final dos 50m costas feminino – Etiene Medeiros (27s44) conquistou a medalha de prata

Eliminatórias

  • 100m borboleta masculino – Vinicius Lanza (51s83) se classificou para as semifinais
    50m livre masculino – Bruno Fratus (21s71) e Marcelo Chierighini (22s03) avançaram às semifinais
    Revezamento 4 x 200m masculino – Luiz Altamir, Fernando Scheffer, João de Lucca e Breno Correia (7min07s12) se classificaram para a final, com recorde sul-americano e garantiram vaga para as Olimpíadas de Tóquio 2020
    800m livre feminino – Viviane Jungblut (8min42s52) não se classificou para a final

26.07 – Sexta-feira

  • 8h
    Semifinal dos 100m borboleta masculino – Com Vinicius Lanza
    Semifinal dos 50m livre masculino – Com Bruno Fratus e Marcelo Chierighini
    Final do revezamento 4 x 200m livre masculino – com Luiz Altamir, Fernando Scheffer, João de Lucca e Breno Correia
  • 22h – Eliminatórias
    50m livre feminino – com Etiene Medeiros
    50m costas masculino – com Guilherme Guido
    50m peito feminino
    Revezamento 4 x 100m livre misto
    1500m livre masculino – com Guilherme Costa e Diogo Villarinho

27.07 – Sábado

  • 8h
    Final dos 50m borboleta feminino
    Final dos 50m livre masculino
    Semifinal dos 50m livre feminino
    Semifinal dos 50m peito feminino
    Final dos 100m borboleta masculino
    Final dos 200m costas feminino
    Semifinal dos 50m costas masculino
    Final dos 800m livre feminino
    Final do 4x100m livre misto
  • 22h – Eliminatórias
    400m medley feminino
    400m medley masculino – Brandonn Almeida
    Revezamento 4 x 100m medley feminino
    Revezamento 4 x100m medley masculino – equipe brasileira

27.07 – Sábado

  • 8h
    Final dos 1500m masculino
    Final dos 50m peito feminino
    Final dos 50m livre feminino
    Final dos 50m costas masculino
    Final dos 400m medley feminino
    Final dos 400m medley masculino
    Revezamento 4 x 100m medley feminino
    Revezamento 4 x 100m medley masculino

Da Redação com informações provenientes de Luiz Roberto Magalhães, de Gwangju, na Coreia do Sul – rededoesporte.gov.br